Cinema paulista quer reestruturação do setor

Foram apresentadas na noite desta segunda-feira, no encerramento do Encontro do Cinema Paulista, que ocorreu durante o fim de semana na Assembléia Legislativa de São Paulo, medidas para a reestruturação do cinema no Estado. O documento reunindo as medidas que serão eviadas às entidades representativas federais, estaduais e municipais, foi desenvolvido por 10 entidades afins, entre elas a Associação Paulista de Cineastas, o Sindicato da Indústria Cinematográfica de São Paulo e Associação Paulista de Documentaristas. Entre as principais propostas apresentadas no documento, que já está nas mãos do presidente da Assembléia Legislativa de São Paulo, Walter Feldman, está a criação de um Grupo Executivo de Gerenciamento da Produção Audiovisual Paulista (Gediasp), a rediscussão da Lei Municipal de Incentivo à Cultura e a instituição do Pecine, programa estadual de cinema. As entidades que participaram do encontro passam a compor o Fórum das Entidades de Cinema de São Paulo, sendo esta outra novidade. Durante o encerramento do evento, as personalidades fizeram questão de ressaltar a importância da recém instituída MP do Cinema.

Agencia Estado,

25 de setembro de 2001 | 14h46

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.