Cinema ganha as telas... dos micros

O cinema vai invadir a Internet de uma vez por todas. Pelo menos é o que desejam os criadores de dois festivais de cinema na Rede: o 1º Festival Brasileiro da Internet e o Festival do Minuto, que estão com as inscrições abertas. O Festival Brasileiro, que está com as inscrições abertas até 14 de outubro no site www.brasildigital.org, é pioneiro em passar com exclusividade filmes na Rede. Segundo seu criador, Roberto Moreira Cruz, o apelo da Internet explica-se com a expansão da banda larga. A tecnologia aumenta a velocidade da conexão. Com isso, é possível fazer downloads de vídeos e imagens numa velocidade superior à dos provedores convencionais. Além disso, passar filmes na Internet democratiza o cinema nacional, acredita Cruz. Para democratizar de vez a participação no festival, ele vai receber filmes no formato VHS. "Como a experiência é pioneira, vou digitalizar todos os filmes dos participantes", afirma. Cruz também ampliou a duração dos filmes em dez minutos. "A linguagem visual não precisa de muito tempo para desenvolver-se. Já os documentários precisam". Para o festival foram criadas três categorias: documentário, animação e experimental. A decisão do melhor filme será toda on-line. Um júri especializado escolherá o melhor filme em cada uma das três categorias e um júri popular decidirá qual é a melhor produção. Para quem quiser conferir os filmes, eles estarão no site a partir da segunda semana de outubro. O milênio em um minuto - O outro festival que está com as inscrições abertas é o Festival do Minuto. Seu criador, Marcelo Masagão (diretor de Nós que Aqui Estamos por Vós Esperamos), vai receber inscrições para filmes da Rede no site www.uol.com.br/minuto até 15 de setembro. O Festival, criado em 91, agora dá a chance aos cineastas internautas de mostrar seu trabalho. Masagão está abrindo pela primeira vez inscrições para filmes na Rede, além da categoria vídeo. Para a Internet, os filmes têm de estar no formato real video ou flash. Para os filmes de vídeo, que também serão passados na Rede, o formato deve ser VHS. O tema do festival é O Milênio Tem Milhões de Histórias, Conte a sua.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.