Cinema ao ar livre nos Jockeys do Rio e de SP

Com um montante de R$ 4 milhões, aTelefônica vai promover um evento inédito, o Telefônica OpenAir, um cinema ao ar livre que será montado no Jockey Club daGávea, no Rio, entre os dias 11 e 30 de outubro, e em São Paulo,no Jockey Club de Cidade Jardim, entre 7 e 26 de novembro. Nasduas cidades, o evento terá um caráter grandioso, a começar pelotamanho da tela em que serão projetados os filmes: tem 275metros quadrados, o equivalente a, aproximadamente, um prédio deseis andares. O Open Air é um evento trazido da Europa, játendo sido montado em Zurique, Berna e Basel, na Suíça;Dusseldorf, na Alemanha; na Austrália e na África do Sul. Não será um cinema em que as pessoas ficarão sentadas nochão, mas em uma arquibancada com 1.500 cadeiras ecarpete. Nas sessões serão exibidos pré-estréias, clássicos,sucessos, filmes brasileiros e, para que a qualidade dasprojeções e do som seja boa, a cada 5 metros será instalado umalto-falante. A estrutura desse cinema ao ar livre tem 70toneladas e foi transportada por três contêineres vindos denavio. Dois engenheiros suíços vieram acompanhar toda a montagemdo Open Air. Além dos filmes, o evento contará com toda umaambientação de bares, restaurantes e lounge e, vale dizer, seráoferecida antes e depois de cada filme uma programação paralelacomo shows e outras atividades. Essa programação ainda não foitotalmente divulgada, mas estará à disposição do público pormeio do site www.telefonicaopenair.com.br. A cada um dos 20 dias de duração, tanto no Rio quanto emSão Paulo, somente um filme será exibido por dia. Pelo menos aspré-estréias no Rio já foram divulgadas: Estrada paraPerdição, de Sam Mendes, e que tem no elenco Tom Hanks, PaulNewman e Jude Law; Códigos de Guerra, de John Woo;Fixação, de John Polson; e Like Mike, de John Schultz.Somente nos fins de semana haverá uma sessão infantil e outrapara adolescentes e adultos. Os ingressos para esse Cinema Paradiso high-techserão vendidos a R$ 15 (meia-entrada de R$ 7,50), que podem sercomprados a partir do dia 27. A Telefônica ainda está pensandona possibilidade de vender cadeiras marcadas para que as pessoaspossam aproveitar a programação paralela incluída no preço daentrada. Vale dizer que as sessões e as programações serãodiferentes nas duas cidades. Para promover esse evento, aTelefônica também contou com o co-patrocínio da Samsung eMastercard.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.