Jemal Countess/AFP
Jemal Countess/AFP

Cineasta Rob Stewart é encontrado morto no mar

Ele estava desaparecido desde a última terça, 31

AP

04 de fevereiro de 2017 | 19h20

FLÓRIDA - O diretor canadense e biólogo marinho Rob Stewart, de 37 anos, foi encontrado morto na última sexta-feira, 3, no mar, a cerca de 67 metros de profundidade. O diretor estava no local para as filmagens de Revolution, uma sequência do filme Sharkwater, em que denunciou a caça ilegal de tubarões. Ele estava desaparecido desde a última terça, 31, após um mergulho na costa de Islamorada, na Flórida.

Segundo amigos, Rob teria desaparecido a nove quilômetros da costa. Nos últimos dias, a Guarda Costeira da Flórida, a Marinha e a Polícia local se uniram nas buscas. A guarda costeira confirmou o resgate do corpo já sem vida na noite da última sexta-feira, 3. Na página oficial do filme, a família de Rob agradeceu a ajuda: "Estamos felizes que Rob partiu enquanto fazia algo que amava".

Mais conteúdo sobre:
MarinhaPolíciaCinema

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.