Barry Huang/Reuters
Barry Huang/Reuters

Cineasta chinês é multado por descumprir planejamento familiar

Zhang Yimou terá que desembolsar US$ 1,2 milhão por ter três filhos sem permissão do governo

Associated Press

09 Janeiro 2014 | 22h03

O cineasta Zhang Yimou foi multado em cerca de US$ 1,2 milhão por ter violado as regras de planejamento familiar da China. Segundo autoridades do distrito de Wuxi, o diretor e sua mulher, Chen Ting, desrespeitaram a lei ao ter três filhos sem aprovação do governo e antes do casamento.

O valor da multa é baseado na renda do casal. Segundo as autoridades, eles ganharam cerca de US$ 580 mil por ano nos três anos em que seus filhos nasceram. O cineasta tem 30 dias para fazer o pagamento, mas pode recorrer da decisão ou pedir uma revisão administrativa do valor.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.