DIVULGAÇÃO
DIVULGAÇÃO

Cineasta brasileiro retira filme de disputa pelo Oscar

Aly Muritiba não quis ter sua produção 'Para Minha Amada Morta' dentre os selecionados por não reconhecer a legitimidade da comissão ligada à Secretaria de Audiovisual

O Estado de S.Paulo

26 Agosto 2016 | 22h33

O cineasta Aly Muritiba decidiu retirar sua produção 'Para Minha Amada Morta' da lista de filmes que vão concorrer ao Oscar 2017. Em um post publicado no Facebook, Muritiba afirmou que sua equipe não reconhece a legitimidade da comissão oficial submetida à Secretaria do Audiovisual (do Ministério da Cultura), responsável para escolher os concorrentes brasileiros à estatueta de Melhor Filme Estrangeiro. "Nós, da equipe do filme 'Para Minha Amada Morta', não reconhecemos a legitimidade da comissão constituída pela SaV para escolher o representante brasileiro na disputa pelo Oscar. Portanto, nos retiramos do pleito. Em tempos de exceção, é preciso tomar posição clara", diz o comunicado.

Em outro comentário de sua página, Muritiba reforçou: "Hey, só pra deixar claro: Nós não retiramos nosso filme da disputa por filme A ou B. Nós retiramos por não reconhecer o modo como a comissão foi constituida. E acredito que os diretores que contestam a comissão deveriam fazer o mesmo."

Mais conteúdo sobre:
Aly Muritiba

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.