Werther Santana/ Estadão
Werther Santana/ Estadão

Cine Belas Artes ganha patrocínio de cervejaria

Contrato com a Petra tem duração de cinco anos e espaço passa a se chamar Petra Belas Artes

Redação, O Estado de S.Paulo

02 de maio de 2019 | 11h52
Atualizado 02 de maio de 2019 | 23h30

Agora é oficial. Dois meses depois daquela terça-feira em que Andre Sturm anunciou que a Caixa estava deixando de ser patrocinadora do Belas Artes, o conjunto de salas da Consolação tem outro padrinho, como ele revelou há menos de uma hora, numa coletiva de imprensa. A Caixa é agora Petra, associando ao próprio nome o da marca de cerveja. Petra Belas Artes. Na próxima semana, o novo logo estará instalado.

Será a primeira e mais visível de uma série de mudanças que devem ocorrer no Belas Artes. "Mas não se preocupem que as mudanças não vão mudar nosso DNA. Vão agregar, permitindo incrementar nossa programação", disse Sturm. Ele acrescentou que esses meses foram de muita movimentação nas redes sociais e na imprensa. A próprioa Petra tomou a iniciativa de procurá-lo.

"Nos ofereceram um contrato muito vantajoso. Ao invés de três anos de patrocínio, cinco, e com um valor superior ao que recebíamos antes. Isso vai nos permitir pagar nosso aluguel, que é considerável, e investir na programação." Ele desatacou que, nesse momento em que tanto se discute, e demoniza, a Lei Rouannet, a Petra não se vale de incentivos, mas retira a verba do Belas Artes de suas operações de Marketing.

A diretora de Marketing Eliana Kassandre fez um breve discurso dizendo que a Petra tem 280 revendas pelo País e já investe em eventos como carnaval e festa de São João. "Nosso DNA são as pessoas, e foram elas que nos trouxeram ao Belas Artes. Vivi um tempo na cidade, frequentei o cinema e pude sentir como o público tem uma relação forte com as salas.

Ver um filme, tomar um café, encontrar amigos, conversar." Só não ficou claro se o Belas Artes vai vender a cerveja. O bar do lobby foi desativado, não existia mais nesta manhã de quinta-feira, 2. Algo novo terá de ser construído, para substituí-lo. A iniciativa do CineSala, em Pinheiros, de vender vinho, foi um sucesso. Na semana que vem já será possível captar melhor as mudanças que poderão ocorrer no Petra Belas Artes.

 

Tudo o que sabemos sobre:
cinema

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.