Evelson de Freitas/AE - 5/5/10
Evelson de Freitas/AE - 5/5/10

Cine Belas Artes funcionará até 10 de março

André Sturm tem reunião com advogado nesta sexta-feira para saber o futuro do imóvel

Julia Baptista, Estadão.com.br,

03 de março de 2011 | 17h52

O suspense sobre o fechamento, anunciado em 6 de janeiro, do Cine Belas Artes, na região central de São Paulo, ainda continua. A única certeza que André Sturm, sócio-proprietário do local, tem é que o cinema vai funcionar 'com certeza' até 10 de março. Nesta sexta-feira, 4, Sturm conversa com o advogado que o defende para saber como fica a situação do imóvel.

Em 30 de dezembro do ano passado, o dono do prédio da Rua da Consolação, onde o cinema funciona desde 1943, Paulo Maluf, rescindiu o contrato de locação e disse que entregaria o imóvel a uma loja. Inicialmente marcado para o dia 27 de janeiro, o fechamento foi adiado porque ainda está em andamento o processo de tombamento do imóvel.

Segundo Sturm, o valor do aluguel fechado com patrocinadores foi de R$ 65 mil, mas Maluf não aceitou a proposta. Ele pede aluguel mensal de R$ 150 mil, mas os donos só podem arcar com um valor de até R$ 90 mil. Patrocinador o cinema tem, mas parcerias só podem ser firmadas efetivamente se o contrato de locação estiver assinado.

O processo de tombamento do Belas Artes pelo Conselho Municipal de Preservação do Patrimônio Histórico de São Paulo (Conpresp) foi aberto em 18 de janeiro. Com isso, o imóvel não pode passar por reforma sem autorização prévia do órgão municipal, o que dificulta a venda para uma loja, por exemplo.

Veja também

Belas Artes programa despedida introspectiva do 'Noitão'

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.