CSIRO/Handout via REUTERS
CSIRO/Handout via REUTERS

Cientistas se inspiram na Marvel e dão nomes de heróis a insetos

Todas as cinco espécies são moscas assassinas, com nomes que homenageiam os personagens Loki, Thor, Viúva Negra, Deadpool e o criador de super-heróis Stan Lee

Reuters, O Estado de S.Paulo

29 de julho de 2020 | 13h19

Cientistas australianos disseram hoje que deram cinco nomes científicos a espécies de moscas que homenageiam o universo da Marvel, incluindo uma nomeada de Deadpool e outra como criador de super-heróis Stan Lee.

As cinco moscas fazem parte de 165 descobertas nomeadas pelos cientistas ao longo do ano passado, que incluíam dois peixes, três subespécies de pássaros e até um ácaro que vive em um lagarto, segundo relatório da Organização de Pesquisa Científica e Industrial da Commonwealth.

"Nomear uma espécie é o primeiro passo para entender essa espécie", disse o entomologista Bryan Lessard. "Sem um nome científico, essas espécies são invisíveis para a ciência."

A mosca Stan Lee foi nomeada por marcações características que se parecem com os óculos de sol e o bigode branco do criador de quadrinhos, enquanto a mosca Deadpool tem marcas nas costas que lembram a máscara vermelha e preta do personagem, informou a entidade.

"Escolhemos o nome Humorolethalis Sergius", disse Lessard, referindo-se à mosca Deadpool. "Parece humor letal e é derivado das palavras latinas 'humorosus', que significa úmido, e 'lethalis', morto."

Todas as cinco espécies são moscas assassinas do mundo dos insetos, de acordo com a organização.

As outras três foram identificadas com nomes de outros personagens da Marvel: Loki, Thor e Viúva Negra.

Nomear novas espécies é divertido, mas também pode ser vital para salvar vidas e espécies humanas, disse a especialista em abelhas e vespas da entidade, Juanita Rodriguez.

Tudo o que sabemos sobre:
MarvelStan Lee

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.