Cidade quer afastar ligação com "O Poderoso Chefão"

A fama não fez bem à cidade siciliana de Corleone. Assim pensa o advogado Antonio Di Lorenzo, morador de Corleone que anda incomodado com a identificação de sua cidade com o personagem central dos filmes da série O Poderoso Chefão, Dom Vito Corleone. Ele apresentou à prefeitura uma proposta para a cidade mudar de nome.De acordo com a imprensa européia, a proposta tem a oposição do prefeito, mas Di Lorenzo já começou a coletar assinaturas em apoio à idéia de mudar o nome de Corleone. Segundo ele, casais vêm de países distantes da Itália, como a Dinamarca, para se casarem na "cidade da máfia". A culpa da má fama de Corleone, é claro, recaiu sobre Vito Corleone, personagem principal de O Poderoso Chefão e O Poderoso Chefão 2. Vivido nas telas por Marlon Brando e Robert De Niro, que interpretaram o mafioso em diferentes fases da vida, Dom Corleone mantinha sob controle uma extensa rede de negócios criminosos praticados por parentes e protegidos. De Niro e Brando foram premiados com o Oscar de melhor ator por suas atuações, Brando em 1973 e De Niro dois anos depois. E ambos não foram receber a estatueta. Brando mandou uma índia (que na verdade era uma atriz fantasiada) para protestar contra o tratamento dado aos índios nos EUA. E De Niro teve sua estatueta recebida por Francis Ford Coppola, diretor dos filmes. Considerada "um lixo total" pelo prefeito de Corleone, a proposta do advogado Antonio Di Lorenzo pode ganhar corpo com as assinaturas colhidas da população local. Ele quer que a cidade volte a ser chamada como há séculos atrás, Cuor de Leone, ou Coração de Leão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.