Cidade ganha hoje Cine Bombril e Cinemark Iguatemi

Foram anos de espera, mais de cinco mil assinaturas, cinco meses de reformas e R$ 3,2 milhões investidos. Mas valeu a pena. Hoje o Cinearte reabre suas portas com tudo novo. A começar pelo nome: Cine Bombril. Com a sessão para convidados de Cidade Baixa, de Sérgio Machado, o cinema inaugura esta nova fase. "Está tudo novo, do som às poltronas, passando pelo hall de entrada e os banheiros", conta Adhemar Oliveira que, ao lado de Leon Cakoff comanda o Circuito Cinearte, a que pertence o Cine Bombril.Localizado no Conjunto Nacional, o Cinearte esteve em agonia e ameaçado de fechar. "Recebemos várias propostas. Até Igrejas queriam o espaço, mas, graças à ajuda dos proprietários, que deixaram até de cobrar aluguel, ao abaixo-assinado pela sua recuperação e ao patrocínio obtido há alguns meses, conseguimos salvar o cinema", conta Oliveira. "Dá mais prazer restaurar do que construir um novo", confessa. A partir de amanhã, o cinema exibe filmes da 29.ª Mostra BR de Cinema. Dia 4, entram em cartaz filmes do circuito. Outro presente imperdível que a cidade ganha hoje é o complexo Cinemark Iguatemi. A rede inaugura o primeiro Cinema Boutique do País, com projeto de João Armentano e mais de mil lugares (todos marcados), as maiores poltronas love seats do mercado, som Dolby Digital, tecnologia de áudio THX, desenvolvida por George Lucas, e um café gourmet. Cine Bombril. Av. Paulista, 2.073, 3285-3696 . 2.ª, 3.ª e 5.ª, R$ 12; 4.ª, R$ 10; 6.ª a dom. e fer., R$ 16 Cinemark Iguatemi. Av. Brig. Faria Lima, 2.232, 3049-2640. 2.ª, 3.ª e 5.ª, R$ 15(até 17h) e R$ 18; 4.ª R$ 14; 6.ª a dom. e fer. R$ 18 (até 17h) e R$ 20

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.