"Cidade de Deus" vence Festival de Cartagena

Mais um prêmio para Cidade de Deus. O filme brasileiro de maior bilheteria desde a chamada "retomada" do cinema nacional conquistou o troféu de melhor filme do 43.º Festival Internacional de Cinema de Cartagena, na Colômbia. Fernando Meirelles levou ainda o prêmio de direção.O tradicional festival colombiano acabou hoje, após uma maratona de 106 filmes (35 longas, 16 curtas e 55 vídeos), entre eles outros quatro brasileiros: Uma Vida em Segredo, de Suzana Amaral, Netto Perde Sua Alma, de Beto Souza e Tabajara Ruas, O Invasor, de Beto Brant, e Madame Satã, de Karim Aïnouz. O argentino Kamchatka ficou com o prêmio de roteiro, e o colombiano La Primera Noche com o de revelação. Entre os atores, venceram o John Alex Toro, de La Primera Noche, e Leonor Watling, de A Mi Madre Le Gustan las Mujeres.Na galeria de prêmios de Cidade de Deus, que acabou de fora da corrida ao Oscar, a distinção em Cartagena se soma aos troféus do festival de Havana, Santo Domingos e ao Bafta de melhor edição. Ontem, fora de competição, o filme abriu o 18.º Festival de Mar del Plata, na Argentina.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.