Reprodução de cena de 'Cidade de Deus' (2002) / Globo Filmes
Reprodução de cena de 'Cidade de Deus' (2002) / Globo Filmes

'Cidade de Deus' é o único brasileiro na lista de 100 melhores filmes estrangeiros da BBC

Longa também é o único da América do Sul no ranking da emissora inglesa

Redação, O Estado de S.Paulo

30 Outubro 2018 | 18h14

LONDRES - O longa brasileiro Cidade de Deus é o único filme da América do Sul a integrar a lista de melhores filmes estrangeiros da BBC, divulgada nesta terça-feira, 30, pela emissora britânica. O primeiro lugar ficou com o japonês Os Sete Samurais, de Akira Kurosawa.

O brasileiro dirigido por Fernando Meirelles e Katia Lund foi lançado em 2002 e retrata o crescimento do crime organizado na comunidade Cidade de Deus, no Rio de Janeiro.  O longa foi inspirado no livro homônimo escrito por Paulo Lins e é considerado uma das obras mais importantes do cinema nacional. Recebeu quatro indicações ao Oscar nas categorias melhor diretor, melhor roteiro adaptado, melhor edição e melhor fotografia.

A produção ocupa a 42ª posição no ranking da BBC, sendo o único da América do Sul a compor a lista. De acordo com a emissora, a classificação visa “direcionar os holofotes para longe de Hollywood e celebrar o melhor cinema de todo o mundo”. Para isso, foram convidados 209 críticos de 43 países e falantes de 41 idiomas diferentes.

Aos especialistas, a BBC pediu que escolhessem seus filmes favoritos dando preferência aqueles que não tem o inglês como idioma original. O resultado final conta com produções de 67 diretores, 24 países e 19 idiomas diferentes.

Os longas do leste da Ásia correspondem a um quarto da lista, sendo a maior parte do Japão que conta com 11 filmes, dentre eles o topo do ranking Os Sete Samurais, de Akira Kurosawa. A produção e o diretor foram bem cotados pela crítica internacional, mas não receberam nenhum novo dos seis avaliadores japoneses convidados pela BBC. 

Quando o assunto é idioma, o francês aparece em 27 filmes e, de acordo com a emissora, pode ser considerado “a língua oficial” do cinema estrangeiro mais aclamado. Em seguida estão mandarim (12), japonês e italiano (11 cada).

Confira a lista

100. Landscape in the Mist (Theo Angelopoulos, Grécia/França/Itália, 1988) 

99. Cinzas e Diamantes (Andrzej Wajda, Polônia, 1958) 

98. In the Heat of the Sun (Jiang Wen, China,1994) 

97. Gosto de Cereja (Abbas Kiarostami, Irã, 1997) 

96. Shoah (Claude Lanzmann, França, 1985) 

95. Nuvens Flutuantes (Mikio Naruse, Japão, 1955) 

94. Onde Fica a Casa do Meu Amigo? (Abbas Kiarostami, Irão, 1987) 

93. Lanternas Vermelhas (Zhang Yimou, Japão, 1991) 

92. Cenas de um Casamento (Ingmar Bergman, Suécia, 1973) 

91. Rififi (Jules Dassin, França, 1955) 

90. Hiroshima, Meu Amor (Alain Resnais, França/Japão,1959) 

89. Morangos Silvestres (Ingmar Bergman, Suécia, 1957) 

88. Crisântemos Tardios (Kenji Mizoguchi, Japão, 1939) 

87. Noites de Cabíria (Federico Fellini, Itália, 1957) 

86. La Jetée (Chris Marker, França, 1962) 

85. Umberto D (Vittorio de Sica, Itália, 1952) 

84. O Discreto Charme da Burguesia (Luis Buñuel, França/Itália, 1972) 

83. A estrada da vida (Federico Fellini, Itália, 1954) 

82. O Fabuloso Destino de Amélie Poulain (Jean-Pierre Jeunet, França, 2001) 

81. Céline e Julie Vão de Barco (Jacques Rivette, França, 1974)

80. Os Esquecidos (Luis Buñuel, México, 1950) 

79. Ran (Akira Kurosawa, França/Japão, 1985) 

78. O Tigre e o Dragão (Ang Lee,China/Taiwan/Hong Kong/EUA, 2000) 

77. O Conformista (Bernardo Bertolucci, Itália, 1970) 

76. E Sua Mãe Também (Alfonso Cuarón, México, 2001) 

75. Belle de Jour (Luis Buñuel, França, 1967) 

74. O Demônio das Onze Horas (Jean-Luc Godard, França/Itália, 1965) 

73. Um Homem com uma Câmera (Dziga Vertov, União Sovietica, 1929) 

72. Viver (Akira Kurosawa, Japão, 1952) 

71. Felizes Juntos (Wong Kar-wai, Hong Kong, 1997) 

70. O Eclipse (Michelangelo Antonioni, Itália/França, 1962) 

69. Amor (Michael Haneke, França/ Alemanha/ Áustria, 2012) 

68. Contos da Lua Vaga (Kenji Mizoguchi, Japão, 1953)

67. O Anjo Exterminador (Luis Buñuel, México,1962) 

66. O Medo Consome a Alma (Rainer Werner Fassbinder, Alemanha, 1973)

65. A Palavra (Carl Theodor Dreyer, Dinamarca, 1955) 

64. A Liberdade É Azul (Krzysztof Kieślowski, França, 1993)

63. Spring in a Small Town (Fei Mu, China, 1948) 

62. A Viagem da Hiena (Djibril Diop Mambéty, Senegal, 1973) 

61. Intendente Sansho (Kenji Mizoguchi, Japão, 1954) 

60. O Desprezo (Jean-Luc Godard, França/Itália, 1963) 

59. Vá e Veja (Elem Klimov, União Soviética, 1985) 

58. Desejos proibidos (Max Ophüls, França/Itália,1953) 

57. Solaris (Andrei Tarkovsky, União Soviética,1972) 

56. Amores Expressos (Wong Kar-wai,Hong Kong, 1994) 

55. Uma Mulher para Dois (François Truffaut, França,1962) 

54. Comer Beber Viver (Ang Lee,Taiwan, 1994) 

53. Pai e Filha (Yasujirô Ozu, Japão,1949) 

52. A Grande Testemunha (Robert Bresson, Suécia/França 1966) 

51. Os Guarda-Chuvas do Amor (Jacques Demy,França/Alemanha, 1964) 

50. O Atalante (Jean Vigo,França, 1934) 

49. Stalker (Andrei Tarkovsky,Alemanha/União Soviética,1979) 

48. Viridiana (Luis Buñuel, Espanha/México, 1961) 

47. 4 Meses, 3 Semanas e 2 Dias (Cristian Mungiu,Romênia, 2007) 

46. O Boulevard do Crime (Marcel Carné, França, 1945) 

45. A Aventura (Michelangelo Antonioni, França/Itália, 1960) 

44. Cléo das 5 às 7 (Agnès Varda, França/Itália, 1962)

43. Bom Trabalho (Claire Denis,França, 1999) 

42. Cidade de Deus (Fernando Meirelles, Kátia Lund, Brasil, 2002)

41. Tempo de Viver (Zhang Yimou,China, 1994) 

40. Andrei Rublev (Andrei Tarkovsky, União Soviética, 1966) 

39.  Close-Up (Abbas Kiarostami, França/Itália, 1990) 

38. Um Dia Quente de Verão (Edward Yang, Taiwan, 1991) 

37. A Viagem de Chihiro (Hayao Miyazaki, Japão, 2001) 

36. A Grande Ilusão (Jean Renoir, França,1937) 

35. O Leopardo (Luchino Visconti, Itália, 1963) 

34. Asas do Desejo (Wim Wenders, França/Alemanha,1987) 

33. Playtime (Jacques Tati, França, 1967) 

32. Tudo sobre Minha Mãe (Pedro Almodóvar, Espanha, 1999) 

31. A Vida dos Outros (Florian Henckel von Donnersmarck, Alemanha, 2006) 

30. O Sétimo Selo (Ingmar Bergman, Suécia, 1957) 

29. Oldboy (Park Chan-wook, Coreia do Sul, 2003) 

28. Fanny e Alexander (Ingmar Bergman, Suécia/ França/ Alemanha, 1982) 

27. O Espírito da Colmeia (Victor Erice, Espanha, 1973) 

26. Cinema Paradiso (Giuseppe Tornatore, França/Italia, 1988) 

25. Yi Yi (Edward Yang, Taiwan, 2000) 

24.O Encouraçado Potemkin (Sergei M Eisenstein, União Soviética, 1925) 

23. A Paixão de Joana d'Arc (Carl Theodor Dreyer, França, 1928) 

22. O Labirinto do Fauno (Guillermo del Toro, México, 2006) 

21. A Separação (Asghar Farhadi, Irã, 2011) 

20. O Espelho (Andrei Tarkovsky,União Soviética, 1974) 

19. A Batalha de Argel (Gillo Pontecorvo, Itália/Argélia,1966) 

18. A Cidade do Desencanto (Hou Hsiao-hsien, Taiwan,1989) 

17. Aguirre, a Cólera dos Deuses (Werner Herzog, Alemanha, 1972) 

16. Metropolis (Fritz Lang, Alemanha, 1927) 

15. Pather Panchali (Satyajit Ray, India,1955) 

14. Jeanne Dielman (Chantal Akerman,França/Bélgica, 1975) 

13. M, O Vampiro de Dusseldorf (Fritz Lang,Alemanha, 1931) 

12. Adeus, Minha Concubina (Chen Kaige,China, 1993) 

11. Acossado(Jean-Luc Godard, França, 1960) 

10. A Doce Vida (Federico Fellini, França/Itália, 1960) 

9. Amor à Flor da Pele (Wong Kar-wai,Hong Kong, 2000) 

8.Os Incompreendidos (François Truffaut, França, 1959) 

7. Oito e meio (Federico Fellini, Itália,1963) 

6. Persona (Ingmar Bergman,Suécia, 1966) 

5. The Rules of the Game (Jean Renoir, França, 1939) 

4. Rashomon (Akira Kurosawa, Japão, 1950) 

3. Era uma Vez em Tóquio (Yasujirô Ozu, Japão, 1953) 

2. Ladrões de Bicicleta (Vittorio de Sica, Itália,1948) 

1. Os Sete Samurais (Akira Kurosawa, Japão, 1954)

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.