Ciclo de clássicos reabre a trilha dos samurais

São Paulo vive uma festa japonesa de cinema. Começa hoje, no Centro Cultural São Paulo, o ciclo Na Trilha dos Samurais, numa parceria entre o centro e a Fundação Japão, com apoio do Consulado Geral do Japão. Samurais fazem parte do cinema japonês desde o começo dessa atividade industrial e artística no país. Os filmes de sabre constituem-se numa vertente específica da produção de lá, como o western para Hollywood. O filme que abre hoje a programação chama-se Crepúsculo Seibei, tem direção de Yoji Yamada e concorreu ao Urso de Ouro no Festival de Berlim de 2002 e também foi indicado para o Oscar. É um belo filme clássico. Conta a história de um samurai que amarga a experiência de ter de encarar a própria pobreza. O ronin (samurai sem mestre) de Depois da Chuva, de Takashi Koizumi, outro título do programa, também não consegue emprego. Ele trai o código de honra da profissão, o "bushido", ao lutar por dinheiro, e fica estigmatizado. Harakiri, de Masaki Kobayashi, o filme mais importante da programação, é do começo dos anos 1960 e vale-se de flash-backs e do preto-e-branco mais rigoroso para filmar a agonia dos portadores de sabre. Um deles pede licença a um senhor feudal para cometer o suicídio ritual em seu pátio e o nobre lhe arranja um emprego. Surge outro e o senhor autoriza o haraquiri, sob pena de ver seu pátio transformar-se em local de romaria de samurais desempregados. É o suicídio mais bárbaro do cinema, pois o guerreiro só dispõe de uma espada de bambu para rasgar o ventre. Harakiri é o embrião de Rebelião, o maior dos filmes de samurais e talvez a obra-prima de todo o cinema japonês. A trilha dos samurais é grande cinema.Na Trilha dos Samurais - Centro Cultural São Paulo, Rua Vergueiro, 1.000, Paraíso, 3277-3611. Metrô Paraíso. Hoje, às 16 horas, Crepúsculos de Seibei; às 18h15, Depois da Chuva; às 20 horas, Harakiri. Terça a domingo, a partir das 16 horas. Grátis - os ingressos podem ser retirados uma hora antes da sessão. Até 25/7

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.