REUTERS/Stringer
REUTERS/Stringer

China supera Estados Unidos como o país com o maior número de salas de cinema

O valor arrecadado em bilheteria do gigante asiático, contudo, ainda é menor

EFE

20 Dezembro 2016 | 12h12

PEQUIM –  A China superou os Estados Unidos como o país com o maior número de salas de cinema do mundo ao aumentar o número de telas em 29,5% neste ano de 2016, com uma média de 26 novas salas por dia, segundo dados oficiais publicados nesta terça-feira, 20. 

O gigante asiático, segunda maior economia mundial, conta agora com 40,917 salas. Em 2015, eram 31,6 mil salas, de acordo com o órgão oficial responsável, em informações divulgadas pela agência Xinhua. 

Dos cinemas, 85% já são adaptados para exibirem filmes em três dimensões (3D). 

Em 2010, a China contava apenas com 6,256 mil salas  de cinema, número quase multiplicado por sete em seis anos. 

Embora a China seja o país com um maior número de salas de cinema, o gigante asiático ainda está atrás dos Estados Unidos em arrecadação de bilheteria. Mesmo que os valores tenham subido desde 2003  em uma média de 35%. No ano passado, a arrecadação chegou a 44 bilhões de ienes (US$ 6,3 bilhões de dólares), mas, em 2016, seu crescimento se abrandou notavelmente.

Mais conteúdo sobre:
ChinaEstados Unidos

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.