Divulgação
Divulgação

Chileno 'Post Mortem' vence o Festival de Cinema de Cartagena

Coprodução México e Alemanha venceu outros 11 filmes de nove países diferentes para ficar com o prêmio

EFE,

03 de março de 2011 | 03h42

CARTAGENA - O filme Post Mortem, do chileno Pablo Larraín, uma coprodução de México e Alemanha, venceu nesta quarta-feira, 2, o prêmio Índia Catalina dado ao melhor filme da concorrência oficial do 51º Festival Internacional de Cinema de Cartagena das Índias.

 

Post Mortem conta a história de Mario Cornejo, que trabalha no necrotério da cidade de Santiago e enfrenta a personalidade introvertida e a apatia política de sua namorada nos dias de comoção depois do golpe militar, em setembro de 1973.

A produção venceu outros 11 filmes de nove países diferentes para ficar com a láurea.

 

O prêmio de melhor diretor foi oferecido aos peruanos Daniel Vega e Diego Vega por seu trabalho em Octubre.

 

O mexicano Gabino Rodríguez foi escolhido o melhor ator por sua interpretação em Asalto al cine; enquanto o prêmio de melhor atriz foi dado a Claudia Celedón por Gatos Viejos, uma coprodução de Chile e Estados Unidos.

 

O Índia Catalina de melhor roteiro foi para Natalia Smirnoff por Rompecabezas, uma produção argentina em parceria com a França.

Tudo o que sabemos sobre:
Festival de Cinema de Cartagena,

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.