Chicago assiste a Sal de Prata, de Carlos Gerbase

O Festival de Cinema Latino de Chicago apresenta nesta segunda-feira o brasileiro Sal de Prata, de Carlos Gerbase, uma reflexão sobre a própria arte cinematográfica.Sal de Prata mostra um grupo de jovens produtores que debatem as transformações na indústria do cinema. Para eles, o "verdadeiro filme" é o tradicional, fotografado em películas com sais de prata, e as tecnologias mais modernas tiram a expressividade da obra. Os amigos sonham com seus próprios projetos enquanto trabalham dirigindo comerciais de TV. Um deles morre e sua namorada se dedica a reconstruir a sua vida e o seu trabalho.O roteiro, que também é de Gerbase, é considerado um dos pontos fortes do filme, apesar de sua complexidade. Entre as atuações, os destaques são Maria Fernanda Cândido, Camila Pitanga e Bruno García.Outros filmes na programação de hoje do festival são Barulho, de Marcelo Bertalmío (Uruguai); Juana Tinha Cabelos de Ouro, de Pacho Bottia (Colômbia), Notícias Distantes,, de Ricardo Benet (México), e O Pênalti Mais Longo do Mundo, de Roberto Santiago (Espanha).O Festival de Chicago, considerado o maior dos Estados Unidos para filmes latinos, começou sexta-feira e termina dia 3 de maio. Serão exibidos mais de 100 filmes da Espanha e de 12 países sul-americanos.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.