Chereau vai presidir júri de Cannes

O diretor francês Patrice Chereau, de A Rainha Margot, vai presidir o júri do Festival de Cinema de Cannes. O anúncio foi feito hoje pelos organizadores do evento, que acontece de 14 a 25 de maio. O último presidente do júri de Cannes foi David Lynch, na edição que premiou O Pianista, de Roman Polanski.Em comunicado, Chereau afirmou que pretende fazer da edição 2003 do festival "uma ferramenta de reflexão para tentar entender o estado da indústria do cinema". "Acima de tudo", porém, quer "assistir aos filmes e amá-los".Chereau é também o cineasta do recente e polêmico Intimidade. O filme levou às telas do Festival de Berlim cenas de sexo explícito, e acabou levando o Urso de Ouro de Berlim, em 2001. Para Gilles Jacob, que dirige o festival francês, o trabalho de Chereau faz dele "uma escrupulosa testemunha ocular aberta a todos os gêneros do cinema atual, e em todo o mundo".

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.