Catherine Deneuve faz 60 anos

Diva do cinema francês, "bela da tarde" imortalizada por Luis Buñuel, musa do estilista Yves Saint Laurent, namorada de Marcello Mastroianni. Em alguma época, qualquer uma destas definições serviu para Catherine Deneuve. O rosto mais conhecido do cinema francês faz 60 anos nesta quarta-feira sem perspectiva de se aposentar. La Deneuve continua atuando em uma média de dois filmes por ano. Discreta e avessa a entrevistas, no que revela muito de sua alma genuinamente francesa, Catherine Deneuve passa seu aniversário de forma quieta. Bem ao contrário de vários papéis que lhe consagraram no cinema. Em 41 anos de carreira, recheou sua biografia com trabalhos em parceria com mestres do quilate do espanhol Buñuel e do mais-que-francês François Truffaut, que fez com ela um de seus últimos filmes, O Último Metrô. Com Buñuel, o badalado Bela da Tarde, de 1967, lhe rendeu um apelido para sempre e uma projeção que o próprio filme não parecia pretender. Além disso, ele também a dirigiu em Tristana, em que ela faz uma mulher deficiente que tem de usar perna mecânica. Hitchcock adorava este filme, considerava o melhor de Buñuel: "Aquela perna...", dizia ele sobre o personagem de Catherine Deneuve. Veja o especial

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.