Catherine Deneuve deixa Unesco em ato de protesto

A atriz francesa Catherine Deneuve abandonou seu posto de embaixadora da boa vontade da Unesco, o órgão das Nações Unidas para Ciência, Cultura e Educação. A decisão foi tomada em protesto contra o novo representante de Angola junto à organização, o empresário francês Pierre Falcone.Falcone está sob investigação na França. Ele teve seu nome envolvido no escândalo de venda de armas ilegais para o país africano durante duas décadas de guerra civil, que acabou no ano passado. No total, estima-se que os negócios movimentaram US$ 500 milhões.Em um breve comunicado, a diva francesa de 60 anos disse que a nomeação de Falcone "mancha a imagem da organização". Falcone agora tem passaporte diplomático angolano e um cargo no ministério das Relações Exteriores de Angola. A assessoria da Unesco disse que não tem controle sobre nomeações feitas pelos países-membros.

Agencia Estado,

13 de novembro de 2003 | 16h06

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.