REUTERS/Lucas Jackson
REUTERS/Lucas Jackson

Casey Affleck desiste de apresentar prêmio em cerimônia do Oscar

O ator foi acusado de assédio sexual por integrantes da equipe feminina em filmes

REUTERS

25 Janeiro 2018 | 20h34

Casey Affleck, ator que foi acusado de assédio sexual por integrantes da equipe feminina em filmes, desistiu de ser um apresentador na cerimônia 2018 do Oscar, informou nesta quinta-feira uma porta-voz da organização.

Affleck, de 42 anos, que ganhou Oscar de melhor ator no ano passado por sua atuação no drama familiar Manchester à Beira-Mar, apresentaria o prêmio de melhor atriz neste ano.

+ Casey Affleck responde a críticas à sua vitória no Oscar

Uma porta-voz de Affleck, Mara Buxbaum, confirmou que o ator não participará da cerimônia da Academia este ano, mas se recusou a fazer mais comentários. 

+ Indicados ao Oscar 2018 são anunciados; veja a lista de candidatos

Affleck, irmão mais novo do ator e diretor Ben Affleck, superou Denzel Washington e Ryan Gosling para ganhar o prêmio de 2017.

A vitória veio apesar das acusações de assédio sexual de 2010 que ressurgiram no período anterior à cerimônia. Duas ações judiciais alegando avanços indesejados foram protocoladas por membros da equipe feminina de outro filme e resolvidas fora do tribunal por somas não divulgadas. 

+ Análise: O cardápio do Oscar 2018 é grande, porém variado e substancioso

Um advogado de Affleck negou as acusações à época.

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.