Casa de Areia pode levar Fernandas ao Oscar

Com o nome de House of Sand, o filme Casa de Areia, de Andrucha Waddington, co-produzido por Walter Salles, tem estréia prevista para o dia 28 de julho em Nova York e Los Angeles. Celebrado como uma saga surpreendente filmada nas dunas do Maranhão e que reúne nas telas duas das mais célebres atrizes brasileiras, Fernanda Montenegro e Fernanda Torres, o filme poderá levar mãe e filha a disputar o Oscar deste ano.A previsão é de Tom O´Neil, jornalista e crítico do Los Angeles Times, e está postada em seu blog The Envelope, no qual ele normalmente aponta os favoritos aos grandes prêmios da música, cinema e artes em geral. Ao citar Fernanda Montenegro e Fernanda Torres como candidatas ao Oscar de melhor atriz ele reproduz a opinião da crítica de cinema Thelma Adams, da revista Us Weekly. O´Neil cita ainda um trecho do blog de Anne Thompson, editora de cinema da Hollywood Reporter, elogiando o filme e as atrizes. Ela o considerou um drama mágico com locações nas dunas maranhenses no norte do Brasil, destacando que o filme não tem perfil de blockbuster, mas deve encantar as platéias de cinemas de arte. "Em outras palavras, eu o adorei", disse ela, que assistiu ao filme quando foi exibido no festival de Sundance, em janeiro. "Casa de Areia é uma intrigante meditação entre três gerações de mulheres durante sessenta anos ao mesmo tempo em que reflete sobre a relação homem/natureza, no cenário inóspito do deserto". Curiosamente, ressalta o texto, as duas Fernandas "são mãe e filha na vida real, o que talvez confira ao seu trabalho uma dose extra de realidade. Em todo caso, elas compõem uma performance irretocável e maravilhosa".Fernanda Montenegro já tem o reconhecimento internacional, diz a crítica, como uma darling do cinema brasileiro por seu papel em Central do Brasil, de 1998, que lhe rendeu indicações ao Oscar e ao Globo de Ouro. Ganhou o Urso de Prata como melhor atriz no Festival de Berlim, eleita melhor atriz pela Associação dos Críticos de Cinema de Los Angeles, o Candango em Brasília, o Prêmio da Associação dos Críticos de São Paulo (APCA), entre outros.E termina com uma ironia, dizendo que naquele ano Fernanda Montenegro realmente merecia o Oscar de melhor atriz, mas que em todo caso, ninguém tiraria a tão cobiçada estatueta da bela e ingênua Gwyneth Paltrow em Shakespeare Apaixonado).O filmeCasa de Areia conta a saga de Áurea, que começa em 1910, quando, vai em busca de um sonho que nunca lhe pertenceu e chega em caravana a um enorme labirinto de areia no Maranhão, no norte do Brasil. À procura de terras que o marido, Vasco, acredita serem prósperas, ela se vê condenada à vida num lugar inóspito, tendo como única companhia feminina sua mãe, Dona Maria. Grávida, e inconformada com o destino, a mulher faz de tudo para encontrar uma saída. Mas o tempo vai pouco a pouco transformando essa história, embalada por profundos sentimentos, que vão do desespero à plenitude.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.