Christophe Karaba/Divulgação
Christophe Karaba/Divulgação

Cartaz do filme 'Diana' é retirado do local onde morreu Lady Di em Paris

Constrangimento levou empresa a retirar pôster da ponte de I'Alma, onde ocorreu acidente de trânsito há 16 anos

EFE

01 de outubro de 2013 | 17h31

Um cartaz com o rosto de Naomi Watts, que interpreta a Princesa Diana no filme de Oliver Hirschbiegel Diana, que estreia na quarta (2) em Paris, foi retirado nesta terça (1.º) das proximidades da ponte de I'Alma, na capital francesa, onde há 16 anos faleceu a ex-esposa do príncipe Charles.

O mal-estar que a macabra coincidência havia provocado em alguns ambientes britânicos levou a Le Pacte, empresa que distribui o longa-metragem na França, a retirar o anúncio para evitar polêmica. A localização do cartaz foi atribuída a uma "desafortunada" casualidade.

"Trata-se de uma coincidência vinculada à campanha massiva de cartazes", comentou a empresa para o site especializado Première. A Le Pacte alegou que foram colocados milhares de cartazes na capital francesa. Até então, o anúncio podia ser visto a poucos metros da ponto de I'Alma, que cruza o rio Sena.

Em 31 de agosto de 1997, um Mercedes conduzido pelo motorista Henry Paul, em que estava Lady Di, bateu contra um pilar da ponte quando fugia do assédio dos paparazzi com a "princesa do povo". Em agosto, a Scotland Yard informou que avaliaria a credibilidade de novos dados sobre o acidente, sempre cercado de teorias conspiratórias.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.