Matt Sayles/AP
Matt Sayles/AP

Carrie Bradshaw e suas amigas viajam para Abu Dhabi

Diretor e roteirista de 'Sex And The City 2' diz que a grande pergunta do filme é se Carrie vai ter filhos

AP,

23 de março de 2010 | 17h14

Sarah Jessica Parker e suas amigas de Manhattan levam sua história para uma nova cidade. "Sex and the City 2", cuja estreia nos Estados unidos Está prevista para o dia 27 de maio, envia Sarah Jessica Parker, Kim Cattrall, Kristin Davis e Cynthia Nixon ao Oriente Médio, precisamente ao emirado de Abu Dhabi.

 

A continuação da série dá à jornalista Carrie Bradshaw (Parker) a oportunidade de passar mais tempo com sua turma elegante, mas também deu às atrizes mais um inédito período juntas.

 

"Provavelmente as personagens nunca passaram tanto tempo juntas", disse Sarah em uma entrevista na semana passada em ShoWest, a convenção de donos de salas de cinema onde a Warner Bros. Promoveu a estreia de um novo trailer de "Sex and the City 2".

 

"Foi a primeira vez que as quatro atrizes saíram do país, viveram e trabalharam durante quase oito semanas e quando digo que vivemos juntas, quero dizer tomar café da manhã, almoçar e jantar juntas todos os dias", acrescentou.

 

 

Cena das atrizes no primeiro filme baseado na série 'Sex And The City'. Foto: Divulgação

 

 

 

"Estávamos longe da família e dos amigos e nunca havíamos passado tanto tempo assim, pois sempre voltávamos para casa, onde filhos, maridos, amigos e outros familiares nos esperavam. Nunca trabalhamos tanto e nunca nos divertimos tanto juntas".

 

O quarteto teve de se esforçar para superar o primeiro filme da série de TV que há dois anos ultrapassou as expectativas da indústria ao arrecadar US$ 56,8 milhões.

 

Em "Sex and the City 2", Carrie se reencontra com os homens de sua vida, incluindo Big (Chris Noth), com quem se casou no primeiro filme.

 

Samantha Jones (Kim Cattrall) leva suas amigas a Abu Dhabi, onde seu ex, um astro de cinema, acaba de rodar um filme de ação. Carrie enfrenta a tentação ao se reencontrar com Aidan (John Corbett), um de seus ex da série. "Nos encontramos do outro lado do mundo", diz Carrie. "Isso quer dizer alguma coisa".

 

Suas amigas também sofrem crises: Samantha luta para conservar a juventude, Charlotte York (Kristin Davis) está preocupada com seus filhos, Miranda Hobbes (Cynthia Nixon) lamenta não deixar o trabalho para ser mãe em tempo integral.

 

Apesar de boa parte do filme se passar em Manhattan, o trecho no Oriente Médio apresenta um choque de culturas quando as quatro se deparam com um país tradicionalista em relação ao comportamento das mulheres.

 

Michael Patrick King, roteirista e diretor de ambos os filmes e produtor executivo da série de televisão, baseada no romance da escritora Candice Bushnell, disse que a grande pergunta do público antes do primeiro filme era se Carrie e Big se casariam.

 

"Agora, passamos do casamento à seguinte pergunta lógica: terá Carrie um bebê?", disse King reconhecendo que "é um dos conceitos do filme", mas sem responder concretamente. "Eu sempre gosto de fazer algo individual e único para Carrie Bradshaw, já que ela é um ser tão singular".

Mais conteúdo sobre:
Sex And The City 2

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.