Divulgação
Divulgação

Carlinhos Brown fala sobre expectativa de trazer o primeiro Oscar para o Brasil

Em entrevista, cantor se diz honrado de estar entre os indicados ao prêmio com a canção de 'Rio'

Marcio Claesen, estadão.com.br

21 Fevereiro 2012 | 16h23

Em 26 de fevereiro, o Brasil tem 50% de chance de voltar com o primeiro Oscar para casa. Carlinhos Brown e Sérgio Mendes concorrem a melhor canção original com a música Real in Rio, da animação Rio, dirigida pelo carioca Carlos Saldanha.

A única concorrente dos brasileiros é Man or Muppet, da trilha do filme Os Muppets, composta por Bret McKenzie. Se Brown e Mendes vencerem, eles vão superar a frustração dos brasileiros que viram naufragar o sonho do Oscar em várias ocasiões, incluindo as quatro vezes que o País disputou o prêmio de filme estrangeiro, além da estatueta de melhor atriz (Fernanda Montenegro) perdida e a de documentário (Lixo Extraordinário, em 2011).

O cantor e compositor Carlinhos Brown falou ao Estadão.com.br dias antes do carnaval sobre as expectativas para a premiação e o que significa para ele entrar no rol de indicados do prêmio de cinema mais aguardado do ano.

Como é a sensação de representar o Brasil na maior festa mundial do cinema?

É uma honra ser indicado a um prêmio de tamanha importância. Esse é um momento muito especial que consagra a parceria positiva com Sérgio Mendes, que começou no final dos anos 1980 e que gerou muitas músicas e discos. A indicação é o reconhecimento de um trabalho, são mais de 30 anos de carreira.

Quais são suas expectativas em relação à noite do Oscar?

As nossas chances são de 50%. Ser indicado já foi um prêmio. É sempre uma grande responsabilidade representar um país tão grande e tão cheio de riquezas. Todos os filmes e nomes que passaram antes pelo crivo da academia abriram caminho para que eu possa estar lá hoje. E isso é uma honra e uma responsabilidade.

Você vai comparecer à cerimônia?

Sim, vou estar em Los Angeles no dia 26 de fevereiro.

Ficou chateado com o cancelamento da apresentação das canções na noite do Oscar? Tanto Rio quanto Os Muppets renderiam performances visualmente bonitas, não?

Já estou muito feliz de ser indicado. Mas quando fui convidado já sabia que não haveria apresentação musical na noite, então me preparei para comparecer apenas como convidado.

Quais são seus projetos para 2012?

Eu continuo trabalhando intensamente. Sempre temos os eventos do verão, como Enxaguada e Sarau du Brown, ainda participo dos ensaios pré-carnavalescos dos amigos aqui em Salvador, além de viagens como a que acabei de fazer para gravar no DVD de Jorge Ben Jor e a trilha do filme Tainá. E em breve vem aí o CD Mixturação.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.