'Carga Explosiva' com história real

O Brasil, o filme chama-se Os Especialistas, mas no original é Killer Elite, Elite de Assassinos. Nesta época de tantos remakes, o espectador pode ser induzido a pensar que se trata da refilmagem do thriller homônimo de Sam Peckinpah, em 1975. Não faltam elementos comuns - espionagem, conspirações governamentais -, mas os dois filmes não têm nada a ver. Os Especialistas baseia-se vagamente em The Feather Man e o livro de Ranulph Fiennes provocou polêmica na Inglaterra por suas ‘revelações’ sobre sociedades secretas.

Luiz Carlos Merten - O Estado de S.Paulo,

01 de dezembro de 2011 | 21h15

De cara, o espectador é brindado com a informação - basead on true events. Baseado em fatos. Mas quais? Os Especialistas não difere em nada - bem, um pouco - dos filmes de ação formatados para o astro Jason Statham. O maior herói de ação da atualidade dá de dez em Clive Owen, o galã que já foi. Quem espera pancadaria vai ver Statham bater, arrebentar e dirigir com a habilidade que lhe é própria. O cara estrela a série Carga Explosiva, no papel de um transporter, lembram-se?

Para que ser simples, se a gente sempre pode complicar? É a cartilha pela qual reza o diretor Gary McKendry. Jason Statham tem um mentor e ele é sequestrado por sicários de um xeque do Dubai, que exige - para que Robert De Niro seja solto, Statham tem de matar os integrantes da ‘killer elite’, que mataram os três filhos do potentado. E começa a caçada. Clive Owen, que uma vez sonhou ser James Bond, faz o vilão.

Além do bate/bate, e do corre/corre, o filme tem no ativo, como coisas boas, as cenas entre Statham e De Niro. Já as cenas do herói e seu nêmesis, Owen, deixam a desejar. Em vez de concentrar o relato, McKendry dispersa-se em reviravoltas, conspirações, sociedades secretas e até um romance meio mal enjambrado. Quando Statham bate e De Niro representa, a diversão até que, por momentos, aflora.

Tudo o que sabemos sobre:
Carga ExplosivaOs Especialistas

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.