Imagem Filmes/ TV Globo
Imagem Filmes/ TV Globo

'Carcereiros' , 'Aspirantes' e outras estreias comentadas pelo 'Estado'

Os filmes que estreiam nos cinemas nesta semana, comentadas pelo crítico Luiz Carlos Merten; veja o trailer e confira onde e quando assistir

Luiz Carlos Merten, O Estado de S.Paulo

29 de novembro de 2019 | 13h50


Com possibilidade de vir a ser blockbuster, estourando na bilheteria, Carcereiros - O Filme beneficia-se da popularidade do ator Rodrigo Lombardi e também das duas temporadas que a série adaptada do livro de Drauzio Varella já teve na Globo. É bom, sólido, mas o melhor nacional - e a melhor estreia desta quinta, 28 - é um filme aparentemente pequeno. Aspirantes aborda o mundo do futebol como chance de ascensão social, mas na verdade o foco do diretor Ives Rosenfeld é outro - por meio de um personagem que se sente cada vez mais acuado, e sem ser explicitamente político, ele ilumina o processo de radicalização que tomou conta do Brasil, mostrando como fermentou o ódio que tem servido como fermento para muitas coisas ocorridas no País, nos últimos anos. 

 

Um Amante Francês

Direção de Olivier Baroux, com Kad Merad, Anne Charrier, Léopold Moati, Pascal Elbé.

 


Expulso de casa e tendo de morar de favor na casa da irmã, e do sobrinho chato, Kad Merad resolve virar gigolô e procura mulher rica. Mas é preguiçoso, e é duro manter-se em forma física para segurar o rojão na cama. Comédia francesa, com mais farsa que malícia. Dá para rir um pouco. Confira salas e horários de exibição

 

Aspirantes

Direção de Ives Rosenfeld, com Ariclenes Barroso, Sérgio Malheiros, Júlia Bernat, Karine Teles.

 


Dois jogadores de várzea, aspirantes a uma carreira no futebol. Um começa a deslanchar no campo, o outro, o protagonista, acumula frustrações. A raiva que o consome internamente transforma-se em ódio. Com extrema economia - talvez seja o filme mais minimalista do ano -, o diretor Rosenfeld conseguiu prever o que ocorreria no Brasil. Seu filme data de quatro anos atrás. É como olhar o presente com o foco do passado. Confira salas e horários de exibição

 

Bonnie Bears - Aventuras em Miniatura

Direção de Leon Ding, Ding Leung e Huida Lin.

 


Embora seja o quinto filme de uma bem-sucedida série de animação chinesa, é o primeiro a chegar no Brasil. Irmãos ursos que protegem a floresta de um inspetor maluco ingerem substância e se transformam em gigantes. Difícil é voltar ao tamanho normal. Confira salas e horários de exibição

 

Carcereiros - O Filme

Direção de José Eduardo Belmonte, com Rodrigo Lombardi, Kaysar Dabour, Dan Stuhlbach, Rômulo Braga, Milton Gonçalves, Tony Tornado, Giovanna Rispoli.


 


Um dia de enlouquecer na vida de Adriano, que já era o carcereiro nas duas temporadas da série de TV adaptada do livro de Drauzio Varella. A prisão recebe um terrorista, assassino de crianças, o que desencadeia a revolta dos demais presidiários. Mas o pior está por vir - o lugar é atacado por um comando paramilitar. O quê ou a quem buscam esses milicianos? O roteiro (de Marçal Aquino, Fernando Bonassi e Dennison Ramalho) confronta habilmente universos distintos e o filme traça um amplo painel humano, social e político para refletir o Brasil. Confira salas e horários de exibição

 

Duas Coroas

Direção de Michael Kondrat, com Mateusz Pawlowski, Cezary Pazura, Adam Woronowski, Dominika Chorosinska.

 


Num dia de 1941, no campo de Auschwitz, um sacerdote sacrifica-se para salvar um chefe de família dos nazistas. Anos mais tarde, é canonizado pelo papa João Paulo II. A vida de um santo católico polonês inscreve-se na vertente milagreira que vem frutificando no cinema atual. Confira salas e horários de exibição

 

Fernando

Direção de Igor Angelkorte, Júlia Ariani e Paula Vilela, com Fernando Bohrer.

 


Documentário que possui a particularidade de possuir três diretores, que contam a vida de um só homem - o artista Fernando Bohrer. Sua ligação com a arte, com o marido. Tudo muito discreto, até banal. O conceito é justamente esse - não são apenas as grandes vidas que merecem ser destacadas. Confira salas e horários de exibição

 

Novas Espécies - A Expedição do Século

Direção de Maurício Dias.

 


Documentário que registra a expedição de um grupo de 70 pessoas - 50 são cientistas conhecidos - a uma região inexplorada da Amazônia. A serra da Mocidade, em Roraima, é acessível somente por meio de helicópteros militares. O local nunca havia sido visitado pelo homem e os pesquisadores conseguiram identificar mais de 80 novas espécies de animais, insetos e plantas. Belíssimas imagens. Confira salas e horários de exibição

 

Os Parças 2

Direção de Chris D'Amayo, com Tom Cavalcante, Whinmdersson Nunes, Tirullipa, Bruno de Luca.

 


Toinho, Ray Van e Pilôra, três dos Parças, vão à forra num hotel de luxo, por conta do dinheiro do casamento de Cintia. Tudo parece ir muito bem, até que o trio precisa ‘levantar’ uma decadente colônia de férias da vizinhança. Isso significa - trabalho! Além do humor, o filme tem romance - Pedro, da colônia Parças, apaixona-se por Carol, da colônia rica. Sossegue - vai dar tudo certo. E o filme ainda tem o capricho da diretora Chris D’Amato. Confira salas e horários de exibição

 

A Resistência de Inga

Direção de Grimur Hakonarson, com Arndis Hronn Egilsdottir, Seveinn Olafur Gunnarsson, Sigurour Sigurjónsson.

 


Viúva que sempre viveu à sombra do marido descobre que terá de fazer as coisas do seu jeito. E começa rebelando-se contra a poderosa empresa que age impunemente, prejudicando toda a comunidade. Conseguirá a heroína fazer valer seus direitos num mundo dominado pela corrupção e pela violência? Só para seu esclarecimento. É coprodução entre Islândia, Dinamarca e Alemanha, três países que possuem a fama de ser desenvolvidos - até em questões de cidadania. O filme procura mostrar que não é bem assim. Confira salas e horários de exibição

 

A Revolução em Paris

Direção de Pierre Schoeller, com Adèle Haenel, Gaspard Ulliel, Louis Garrel, Olivier Gourmet, Izia Higelin.

 


A Revolução Francesa vista do andar de baixo, do ângulo dos pobres - e dos militantes revolucionários - que tomaram a Bastilha no célebre 14 de julho de 1789. Poderia ser melhor, considerando-se o investimento (produção, elenco), mas tem momentos fortes. Confira salas e horários de exibição

 

Uma Segunda Chance para Amar

Direção de Paul Feig, com Emilia Clarke, Henry Golding, Emma Thompson, Michelle Yeoh.

 


Emilia Clarke, a mãe dos dragões nas oito temporadas da cultuada série Game of Thrones vira garota desastrada, para quem tudo dá errado na Inglaterra, para onde migrou com a família. Mas eis que surge Henry Golding, rico, charmoso e sempre com uma metáfora pronta para ajudar em cada momento difícil. Comédia romântica que se vale do chamado espírito natalino para mostrar, que sim, a felicidade existe, não se compra e todos temos direito a ela. Confira salas e horários de exibição

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.