Mulher seminua protestou durante a cerimônia do tapete vermelho no festival de Cannes em 20 de maio de 2022
Mulher seminua protestou durante a cerimônia do tapete vermelho no festival de Cannes em 20 de maio de 2022

Cannes: mulher invade tapete vermelho para protestar contra estupros na Ucrânia

Além da frase 'Parem de nos estuprar', ela trazia uma bandeira do país pintada em seu corpo; ato ocorreu durante entrada dos convidados da sessão de 'Three Thousand Years of Longing'

ANSA, AFP

22 de maio de 2022 | 11h39

Uma ativista seminua invadiu o tapete vermelho do Festival de Cinema de Cannes na noite da última sexta-feira, 20, em protesto à violência sexual cometida pelas tropas russas contra as mulheres na Ucrânia.

Pintada de azul e amarelo - cores da bandeira da Ucrânia -, a manifestante exibiu a frase "parem de nos estuprar" escrita em seu corpo. Além disso, ela tinha tinta vermelha espalhada pela cintura, e a palavra "Escória" escrita na parte de baixo das costas.

O protesto foi realizado durante a entrada dos convidados da sessão de Three Thousand Years Of Longing, novo filme de George Miller.

O ato foi interrompido por seguranças, que cobriram a mulher com um casaco e a retiraram do local.


 

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.