Cannes homenageia Jeanne Moreau

O Festival de Cannes rende uma homenagem, amanhã, a uma das maiores divas do cinema francês, Jeanne Moreau. A atriz de Jules e Jim, Os Amantes e tantos outros clássicos ganhará um banquete e um troféu especial do evento.Aos 75 anos, Jeanne conta que o passar dos anos a deixou mais serena, mas que o tributo de amanhã a põe animada como se fosse uma garota. Modesta, diz ser uma pessoa de sorte. "Nunca me achei uma beldade. Um jornal italiano chegou até a escrever ´(Jean-Paul) Belmondo e Moreau, as duas estrelas mais feias do cinema´".A atriz se prepara para rodar mais um filme como diretora. E também está escrevendo um livro. "Algo de autobiográfico", diz, acrescentando que acertou de entregá-lo em 2004.Seu último filme, Cet-Amour Là, está na seleção de Cannes. Dirigido por Josee Dayan, o filme narra o romance de cerca de 16 anos entre a escritora Marguerite Duras e um fã mais moço. É baseado no livro homônimo, escrito pelo próprio amante, Yann Andréa. "O que eu gosto neste filme é a idéia de que a vida de uma mulher continua depois dos 50", diz.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.