Divulgação
Divulgação

Cannes homenageará ator francês Jean-Paul Belmondo

Ator da nouvelle vague francesa ficou famoso após filme de Godard; Belmondo completará 78 anos em abril

Efe

30 de março de 2011 | 14h47

A próxima edição do Festival de Cinema de Cannes, que será realizada entre os dias 11 e 22 de maio, homenageará Jean-Paul Belmondo, ao que os organizadores definem como "um dos maiores atores franceses de todos os tempos".

 

No dia 17 de maio, o ator, que participou de filmes como O Demônio das Onze Horas (1965), de Jean-Luc Godard, participará da cerimônia em sua honra na qual estreará o documentário Belmondo, trajetória, de Vincent Perrot e Jeff Domenech.

 

Conhecido entre seus amigos com o diminutivo de Bebel, Cannes reforça seu extraordinário talento, a amplitude de seu registro, o carisma de sua personalidade e a precisão de sua atuação, que o tornaram em "uma das personalidades do cinema francês mais queridas pelo público".

 

O ator estreou na indústria cinematográfica em 1958 com o filme Les tricheurs, de Marcel Carné, mas foi em 1959 quando deu o salto à fama pelas mãos de Godard com o filme Acossado.

 

Artista da nouvelle vague francesa, Belmondo, que em abril completará 78 anos, interpretou em diversos longas-metragens, fundamentalmente de ação, como O Ladrão Aventureiro (1967), de Louis Malle, e Borsalino (1970), de Jacques Deray, conciliando, segundo Cannes, "o melhor do cinema popular dos anos 1960 e 1970".

 

A 64ª edição do Festival será apresentada pelo ator, produtor e diretor americano Robert de Niro, enquanto o júri da seção Un Certain Regard (Um Certo Olhar, do francês) será liderado pelo cineasta servo-bósnio Emir Kusturica.

Tudo o que sabemos sobre:
CannesJean-Paul Belmondo

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.