Eric Gaillard/ Reuters
Eric Gaillard/ Reuters

Cannes 2022: Poodle do filme 'War Pony' ganha a Palma Canina

Britney foi coroada a melhor este ano, conquistando o cobiçado prêmio da coleira dourada

Mindy Burrows, Reuters

27 de maio de 2022 | 18h57

Os fãs de cinema precisam esperar até sábado para conhecer o ganhador do prêmio principal do Festival de Cinema de Cannes, a Palma de Ouro, mas os verdadeiros ladrões de cena recebem seus prêmios um dia antes, na cerimônia anual da Palma Canina.

Britney, uma poodle que protagoniza a estreia na direção de Riley Keough, War Pony, foi coroada a melhor este ano, conquistando o cobiçado prêmio da coleira dourada.

Britney, que interpreta uma personagem muito amável chamada Beast (Fera), não pôde comparecer à cerimônia, mas dois poodles com penteados elaborados apareceram para receber seu prêmio.

Keough e a codiretora Gina Gammell celebraram o prêmio por meio de um vídeo pré-gravado, dizendo que estavam "muito honrados".

Cães de todas as formas e tamanhos - incluindo veteranos experientes do evento popular - se reuniram na praia ao longo da Croisette, ladeada por palmeiras, na cidade do sul da França, para participar da cerimônia.

Criado em 2001 pelo jornalista de cinema Toby Rose, o prêmio Palma Canina homenageia os melhores cães da telona, com categorias que incluem prêmio do júri e a chamada "Palma DogManitarian", celebrando o vínculo entre as pessoas e seus companheiros caninos.

O "dogmanitarian" deste ano foi Patron, um Jack Russell Terrier em Kiev que detecta bombas com o nariz.

Um novo prêmio foi adicionado este ano, em homenagem ao filme biográfico Elvis, de Baz Luhrmann, um dos principais atrativos do festival. Foi para Titane, um vira-lata com orelhas pontudas.

 

Tudo o que sabemos sobre:
cinemaFestival de Cannes [cinema]

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.