Reprodução de cena do filme 'Razzhimaya Kulaki'
Reprodução de cena do filme 'Razzhimaya Kulaki'

Cannes 2021: Filme russo é premiado na mostra Un Certain Regard

'Razzhimaya Kulaki', da diretora Kira Kovalenko, aborda história de jovem que busca se distanciar de família rígida na Ossétia do Norte

Redação, O Estado de S.Paulo

17 de julho de 2021 | 12h21

A mostra Un Certain Regard, do Festival de Cannes, teve seu resultado divulgado na noite de sexta-feira, 16. O filme russo Razzhimaya Kulaki (Abrindo os Punhos, em tradução livre), da diretora Kira Kovalenko, ganhou o principal prêmio entre os 20 competidores. O longa retrata a história de Ada (Milana Aguzarova), uma jovem que vive numa antiga cidade mineradora na região da Ossétia do Norte, na Rússia, e tenta fugir da rigidez de sua família, apesar de amá-la.

"Em nossas discussões, as duas coisas que nós dizíamos constantemente eram: 'Esse filme é muito corajoso' e 'Esse filme veio do fundo do coração'. Muitos dos filmes são muito passionais e muitos estão falando de coisas que são difíceis de se falar. Gostaríamos de reconhecer todos os criadores por seu trabalho bonito e corajoso. Seus filmes criaram debates vigorosos", disse Andrea Arnold, presidente do júri, em comunicado divulgado à imprensa. 

Além dele, compuseram o júri da mostra Un Certain Regard a roteirista Mounia Meddour, a atriz Elsa Zylberstein e os diretores Daniel Burman e Michael Covino. Confira os resultados abaixo:

Prêmio Un Certain Regard

Razzhimaya Kulaki (Unclenching the Fists/Abrindo os Punhos) - Kira Kovalenko

Prêmio do Júri

Grosse Freiheit (Great Freedom/Grande Liberdade) - Sebastian Meise

Prêmio pelo Conjunto

Bonne Mère (Good Mother/Boa Mãe) - Hafsia Herzi

Prêmio Coragem

La Civil (A Civil) - Teodora Ana Miha

Prêmio de Originalidade

Lamb (Cordeiro) - Valdimar Jóhannsson

Menção Especial

Noche de Fuego (Prayers For The Stolen/Noite de Fogo) - Tatiana Huezo

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.