Cameron Diaz faz acordo em processo contra tablóide

A atriz Cameron Diaz ganhou uma importante, mas não revelada, indenização por danos e prejuízos em um processo contra um jornal que a acusou de ter tido um caso com um homem casado ligado à indústria cinematográfica.O tablóide britânico The Sun reproduziu um artigo publicado na revista norte-americana National Enquirer segundo o qual a atriz, de 32 anos, havia beijado durante três minutos Shane Nickerson, produtor de seu espetáculo Trippin.Hoje, o The Sun reconheceu ante a Suprema Corte britânica que, na realidade, o fato não passou de um "abraço de despedida" entre amigos.Na segunda-feira, a atriz de As Panteras venceu outro processo na justiça. Um fotógrafo que tirou fotos dela de topless antes da fama foi condenado por falsificação, tentativa de roubo e perjúrio. O fotógrafo John Rutter, de 42 anos, vai ter de enfrentar seis anos de prisão, por falsificar a assinatura da atriz, tentar vender-lhe por uma fortuna fotos que ela tirou aos 19 anos e por mentir em julgamento.

Agencia Estado,

29 de julho de 2005 | 16h11

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.