"Caché" vence principal prêmio da Academia Européia

o filme Caché, do austríaco Michael Haneke, foi o grande vencedor esta noite na cerimônia de entrega dos prêmios da Academia Européia de Cinema, ao conquistar os de melhor filme, melhor diretor e melhor ator, que foi para o francês Daniel Auteuil.De produção francesa, austríaca, alemã e italiana, o filme é uma tragédia sobre os fantasmas do passado e a guerra da Argélia, e obteve, além disso, o Prêmio da Crítica, assim como o prêmio correspondente à melhor montagem.O alemão Sophie Scholl, sobre a resistência contra Hitler, foi o segundo vencedor da noite, já que sua protagonista Julia Jentsch levou o prêmio de melhor interpretação feminina da Academia, mais outros dois por júri popular: um que foi para a mesma atriz e outro para o diretor Marc Rothemund.Já o prêmio de melhor filme não europeu foi para o americano Good Night, and Good Luck, de George Clooney.O melhor ator, pelo júri popular, foi Orlando Bloom, por seu trabalho em CruzadaUndressing my mother, de Ken Wardrop.Em sua 18.ª edição, a Academia Européia deu o prêmio especial pelo conjunto da obra ao ator britânico Sean Connery. "A Europa tem sua própria identidade e precisa de seus próprios prêmios", disse o ator.Os prêmios europeus foram criados em 1988 pelo alemão Wim Wenders, presente na cerimônia de entrega, e o sueco Ingmar Bergman, entre outros, com o objetivo de apresentar uma alternativa européia ao Oscar de Hollywood.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.