Bush condecora o ator Charlton Heston

O ator Charlton Heston, de 78 anos, foi condecorado pelo presidente dos Estados Unidos com a Medalha da Liberdade. George W. Bush disse que a homenagem a Heston se deve tanto a sua atuação no cinema, em filmes como Ben-Hur e El Cid, como por seu papel de liderança social.Heston foi, até o ano passado, presidente na National Riffle Association (Associação Nacional do Rifle), uma entidade que congrega milhares de americanos que defendem o uso das armas de fogo no país. No premiado documentário Tiros em Columbine, o diretor Michael Moore denuncia a atuação da NRA e de Charlton Heston. Segundo Moore, a associação marca reuniões em cidades onde há casos recentes de tragédias devido ao uso de armas.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.