"Bruxa de Blair 2" tenta repetir sucesso na Web

Mais uma vez os produtores do filme Bruxa de Blair tiram proveito da Internet para atrair os fãs. O festival Webfest, lançado na Rede para promover a seqüência do filme, começou ontem e o site registrou mais de 100 mil visitantes únicos nas primeiras seis horas de transmissão e espera aumentar esse número nas próximas horas, segundo informou o porta-voz da produtora Artisan Entertainment. A produtora lançou uma enorme campanha de marketing on-line para tentar repetir o sucesso anterior, em parceria com empresas como a Yahoo! e a Amazon.com. O festival Webfest terá duração de 64 horas, antes do lançamento nos cinemas da continuação Bruxa de Blair 2, em 27 de outubro. A exemplo do que foi feito no primeiro filme, os produtores querem usar a Internet para misturar realidade e ficção e confundir os espectadores. O primeiro filme teve orçamento muito baixo - US$ 30 mil -, não contou com estrelas famosas nem efeitos especiais, mas faturou US$ 245 milhões no mundo todo, garantindo status na história de Hollywood. Os fãs da produção foram atraídos em grande parte por uma série de informações publicadas na Internet. Muitos acreditaram que o filme era um documentário real, feito por estudantes que desapareceram nas florestas de Blair e nunca mais foram vistos. Desta vez, uma série de eventos durante o Webfest vai tentar novamente fazer com que as pessoas acreditem que pelo menos parte dos acontecimentos do filme é real.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.