"Brokeback" é o grande vencedor do Globo de Ouro

O Segredo de Brokeback Mountain, do cineasta chinês Ang Lee, foi o grande vencedor da 63ª edição do Globo de Ouro, sendo escolhido em quatro categorias, incluindo as de melhor direção e melhor drama. O filme, que conta a história de dois caubóis do meio-oeste americano que se apaixonam, também levou prêmios por melhor roteiro e melhor canção ("A Love That Will Never Grow Old").O diretor brasileiro Fernando Meirelles não levou o prêmio de direção, mas viu seu "O Jardineiro Fiel" ser premiado logo no início da cerimômia, na noite de segunda-feira. A premiação foi com a atriz inglesa Rachel Weisz, que ganhou como melhor coadjuvante por sua atuação no filme do brasileiro. O cineasta chinês Ang Lee fez um emocionado discurso ao receber prêmio de melhor direção, começando os agradecimentos pelos seus colegas que, segundo ele, fizeram de 2005 um ano excepcional em filmes.Os premiados do Globo de Ouro são escolhidos pela Associação de Imprensa Estrangeira de Hollywood, organização fundada há 60 anos por um grupo de jornalistas que trabalham em Los Angeles e escrevem para publicações estrangeiras.Paraíso Agora - O filme palestino Paradise Now (Paraíso Agora) venceu o Globo de Ouro na categoria de Melhor Filme em Língua Estrangeira. O filme conta a história de dois jovens palestinos da Cisjordânia, que são escolhidos por uma organização militante para realizar um ataque suicida em Tel-Aviv. Amigos de infância, os dois reconsideram seus planos depois de serem separados ao entrar em Israel. Ao subir no palco para receber o prêmio, o diretor Abu-Assad agradeceu aos que participaram do projeto, a Associação da Imprensa Estrangeira de Hollywood e terminou o breve discurso defendendo o que chamou de direito palestino à liberdade. O filme já venceu vários prêmios no Festival de Cinema de Berlim e foi convidado para outros festivais internacionais. Também concorriam na categoria de melhor produção estrangeira dois filmes da China (Kung Fu Hustle e Master of the Crimson Armor), da França (Joyeux Noel) e da África do Sul (Tsotsi).Melhores intérpretes - Philip Seymour Hoffman venceu na categoria de melhor ator pela sua atuação no filme Capote. A atriz Felicity Huffman venceu na categoria melhor atriz pela sua interpretação de um homem aguardando uma operação de mudança de sexo em Transamérica.Os prêmio de Melhor Ator e Melhor Atriz em Comédias ou Musicais foram para Joaquin Phoenix e Reese Whiterspoon pelas suas interpretações no filme Johnny e June, sobre a vida do cantor Johnny Cash. Phoenix faz o papel de Cash e Whiterspoon, da sua esposa.A atriz inglesa Rachel Weisz venceu o Globo de Ouro na categoria de Melhor Atriz Coadjuvante pelo seu papel em O Jardineiro Fiel, dirigido pelo brasileiro Fernando Meirelles. Weisz disse "compartilhar" o prêmio com o ator Ralph Fiennes e agradeceu Meirelles, a quem qualificou como um "extraordinário diretor".O prêmio de Melhor Ator Coadjuvante foi para George Clooney, pela sua interpretação de um agente da CIA no filme Syrianna. "É cedo, eu ainda não bebi", disse Clooney, o primeiro a ser premiado na cerimônia realizada em Los Angeles. Clooney também concorreu nas categorias de Melhor Diretor e Melhor Roteiro pelo filme Boa Noite e Boa Sorte. A Associação homenageou o ator inglês Anthony Hopkins pelo conjunto de sua obra cinematográfica, com o prêmio Cecil B.DeMille.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.