Matt Sayles/AP
Matt Sayles/AP

Britney diz que ex-segurança busca fama usando seu nome

'Este processo é outra situação infeliz onde alguém tenta se aproveitar da família Spears', diz comunicado

EFE

09 de setembro de 2010 | 17h16

Britney Spears diz que Fernando Flores, o ex-segurança que entrou com uma ação por assédio sexual contra a artista, só busca a fama usando seu nome, segundo um comunicado divulgado nesta quinta, 9, por representantes da cantora.

 

Veja também:

documento Flores acusa a cantora de se insinuar

 

A nota, publicada no site oficial da artista, afirma que Flores procura chamar a atenção da imprensa e ganhar dinheiro com uma história inventada.

 

"Este processo é outra situação infeliz onde alguém tenta se aproveitar da família Spears", diz o comunicado, além de assegurar que as autoridades já averiguaram as acusações e concluíram o caso sem tomar nenhuma atitude.

 

Flores apresentou, na quarta-feira, uma ação por assédio sexual contra a cantora, a quem acusa de repetidas insinuações de índole sexual e de abusar de seus filhos.

 

O segurança detalha que, em certa ocasião, Britney, que usava um vestido transparente, se aproximou, deixou cair intencionalmente um isqueiro no chão e se curvou para pegá-lo mostrando suas genitais.

 

Em outra situação, a cantora ordenou que Flores fosse a seu quarto e o recebeu sem roupa. Após alguns instantes de silêncio, ele perguntou se Britney precisava de alguma coisa e ela pediu dois refrigerantes.

 

No processo, o segurança pede uma indenização por assédio sexual  e desconforto emocional.

Tudo o que sabemos sobre:
Britney Spears

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.