Nicole Bengiveno/The New York Times
Nicole Bengiveno/The New York Times

Brian Dennehy, o vilão de Rambo, morre aos 81 anos

Ator morreu de causas naturais não relacionadas ao coronavírus em sua casa em Connecticut

Redação, AFP

16 de abril de 2020 | 19h39

LOS ANGELES — Brian Dennehy, o versátil ator vencedor do Tony e do Globo de Ouro, conhecido por seus papéis em Rambo e Romeu e Julieta, morreu aos 81 anos.

Sua carreira de quatro décadas abarcou papeís na televisão, como na série Dallas, na Broadway e no cinema, como, mais recentemente, uma dublagem na produção Ratatouille, da Pixar.

Dennehy morreu de causas naturais não relacionadas ao coronavírus em sua casa em Connecticut, na quarta-feira, 15, ao lado de sua esposa e de seu filho.

"Maior que a vida, generoso até o osso, um pai e avô orgulhoso e devoto", escreveu sua filha Elizabeth, também atriz.

Depois de sua participação na série Dynasty, em 1981, ele ficou conhecido pelo seu papel de vilão no filme Rambo - Programado Para Matar (1982), de Sylvester Stallone. Outros personagens célebres incluem um líder alienígena em Cocoon (1985), e o pai de Leonardo DiCaprio na bem sucedida versão de Romeu e Julieta (1996).

Dennehy chegou a se alistar no exército americano antes de iniciar sua carreira de ator, sendo alocado na ilha de Okinawa no fim dos anos 1950, e mais tarde também trabalhou como corretor da bolsa de Nova York.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.