Brasileiros perdem Oscar de Canção Original para 'Man or Muppet'

"Real in Rio", música composta pelos brasileiros Sergio Mendes e Carlinhos Brown para o filme de animação "Rio", perdeu o Oscar de Melhor Canção Original para "Man or Muppet", do filme "Os Muppets".

REUTERS

27 Fevereiro 2012 | 00h28

A canção de "Rio", animação do diretor brasileiro Carlos Saldanha, o mesmo de "A Era do Gelo", teve letra de Siedah Garrett e era a única esperança do Brasil no Oscar.

O Brasil também foi indicado, mas não ganhou, ao Oscar de Melhor Canção Original em 1944 com a música "Rio de Janeiro", de Ary Barroso, tema do filme Brazil.

Na semana passada, Mendes disse que compor "Real in Rio" foi uma experiência especial.

"Me pediram para escrever uma canção que abrisse o filme", disse Mendes em entrevista recente. "Ela meio que atravessa todo o filme e no final explode em um desfile carnavalesco. Então isso é 'Real in Rio'."

O filme narra a história da ararinha azul Blu, uma ave que foi capturada ainda filhote e contrabandeada para os Estados Unidos. Vai parar na fria Minnesota, onde mora com sua dona Linda, dona de uma livraria, que tem o pássaro como única companhia.

Blu, que está totalmente adaptado, tem a chance de reencontrar suas raízes quando ele e sua dona são procurados por Túlio, um biólogo brasileiro que pretende levar a ave de volta para o Rio de Janeiro para que ela cruze com Jade, a única fêmea viva da espécie em extinção.

A chegada de Linda e Blu ao Rio de Janeiro é retratada como um choque cultural. Em pleno carnaval, encontram ruas fechadas, gente sambando para todo lado e muita música. Mas não são apenas os personagens que se fascinaram com a Cidade Maravilhosa.

No Rio de Janeiro, Blu e Jade são sequestrados por um pequeno órfão e entregues para um chefão da venda ilegal de animais. Quando a dupla consegue fugir, suas pequenas pernas estão acorrentadas. Como Blu, sempre vivendo em cativeiro, não aprendeu a voar, eles são obrigados a correr e unir forças para escapar da quadrilha.

Mais conteúdo sobre:
FILMEOSCARCANCAORIO*

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.