Bruno Machado
Bruno Machado

Brasil está fora do Oscar de filme estrangeiro em 2020, mas mantém chances com documentário

Lista de finalistas com nove pré-indicados foi divulgada pela Academia de Hollywood; filme 'Democracia Em Vertigem', de Petra Costa, está pré-indicado na categoria documentário

Redação, O Estado de S. Paulo

16 de dezembro de 2019 | 19h57
Atualizado 17 de dezembro de 2019 | 13h17

O Brasil está fora da disputa pelo Oscar de melhor filme estrangeiro de 2020. Nesta segunda-feira, 16, a Academia de Hollywood divulgou uma lista com pré-indicados, e A Vida Invisível, o concorrente brasileiro, está fora. O documentário brasileiro com produção da Netflix, A Democracia em Vertigem, porém, está na lista da categoria melhor documentário.

Como esperado, Parasita, de Bong Joon Ho, e Dor e Glória, de Pedro Almodóvar, estão na lista da categoria filme estrangeiro, ao lado do francês Les Misérables de Ladj Ly, entre outras seis produções. Oficialmente, a Academia mudou o nome da categoria para 2020: ela passa a se chamar Melhor Filme Internacional.

Coringa, Star Wars: A Ascensão Skywalker e Vingadores: Ultimato receberam cada um duas indicações nesta prévia.

Veja a lista completa de pré-indicados ao Oscar de melhor filme estrangeiro em 2020

  • República Tcheca, The Painted Bird
  • Estônia, Truth and Justice
  • França, Les Misérables
  • Hungria, Aqueles Que Ficaram
  • Macedônia do Norte, Honeyland
  • Polônia, Corpus Christi
  • Rússia, Uma Mulher Alta
  • Senegal, Atlantics
  • Coreia do Sul, Parasita
  • Espanha, Dor e Glória

A Vida Invisível estreiou no dia 21 de novembro, depois de vencer a mostra Un Certain Regard, uma das mais importantes do Festival de Cannes, em maio, e ter tido duas galas no Brasil. O filme é inspirado no livro de Martha Batalha, A Vida Invisível de Eurídice Gusmão. O diretor Karim Aïnouz, criado pela mãe, num ambiente predominantemente dominado por mulheres – a avó, mais quatro tias –, quis retratar as mulheres de uma certa geração, oprimidas por homens dominadores, mas que resistem. 

A Academia informa que um filme estrangeiro é definido como um longa-metragem (mais de 40 minutos) produzido fora dos Estados Unidos com os diálogos na maioria com outra língua que não o inglês.

Quando será o Oscar 2020?

As indicações finais ao Oscar serão anunciadas na segunda-feira, 13 de janeiro de 2020, e a cerimônia ocorre no domingo, dia 9 de fevereiro.

A Democracia em Vertigem

Democracia em Vertigem, o filme de Petra Costa teve sua estreia mundial em Sundance, em janeiro, e depois disso percorreu um importante circuito de festivais. Ganhou resenhas favoráveis em publicações como The New York Times, The Guardian, El País e Variety. No Brasil, em geral a recepção foi boa, mas não unânime.

Veja a lista de documentários pré-indicados ao Oscar 2020

  • Advocate
  • American Factory
  • The Apollo
  • Apollo 11
  • Aquarela
  • The Biggest Little Farm
  • The Cave
  • The Edge of Democracy
  • For Sama
  • The Great Hack
  • Honeyland
  • Knock Down the House
  • Maiden
  • Midnight Family
  • One Child Nation

Outros indicados

Outras categorias também revelaram as suas "shortlists", uma espécie de lista de finalistas antes do anúncio oficial, no dia 13 de janeiro. Coringa foi pré-indicado em duas categorias: maquiagem e cabelo e trilha sonora original. Star Wars: A Ascensão Skywalker ainda nem chegou aos cinemas, mas também está em duas categorias nesta prévia: trilha sonora e efeitos especiais, as mesmas duas em que Vingadores: Ultimato continua na briga, por enquanto.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.