Fernando Mucci
Fernando Mucci

Brasil está entre pré-selecionados para os Prêmios Platino em várias categorias

Alexandre Nero ('João, o Maestro') e Matheus Nachtergaele ('Zama') integram lista de atores

EFE 

31 Janeiro 2018 | 11h22

Com a primeira seleção de filmes anunciada nesta terça, 30, Uma Mulher Fantástica, do chileno Sebastián Lelio, Zama, da argentina Lucrecia Martel, e Últimos Dias em Havana, do cubano Fernando Pérez, são os grandes favoritos ao prêmio Platino do cinema ibero-americano, em sua quinta edição.

São as produções que mais aparecem em outras categorias nesta primeira seleção feita pelos membros da Federação Ibero-americana de Produtores Cinematográficos e Audiovisuais (FIPCA) e das associações nacionais de produtores de cada país, em colaboração com as academias e institutos de cinema nacionais.

Em 20 de fevereiro serão anunciados os 20 candidatos em cada uma das categorias e em 14 de março as indicações finais que concorrerão aos prêmios desta quinta edição a serem entregues em 20 de abril durante uma cerimônia de gala no Teatro Gran Tlachco do Parque XCaret (Riviera Maya, México), segundo comunicado dos organizadores.

Nesta primeira seleção se destaca Uma Mulher Fantástica, filme já indicado ao Oscar de melhor filme em língua não inglesa e ao prêmio Goya de melhor filme ibero-americano.

Este filme, dirigido por Sebastián Lelio, concorre ao prêmio Platino em oito categorias, de melhor filme, direção, roteiro, melhor atriz (Daniela Veja) montagem, direção de arte, direção de fotografia, melhor som, e o premio especial Cine y Educación em Valores.

Zama aparece em oito categorias, mas com nove opções - melhor filme, direção, roteiro, ator (Daniel Gimenéz Cacho e Matheus Nachtergaele), montagem, direção de arte, fotografia e som.

Últimos Dias em Havana também disputa como melhor filme, direção roteiro, melhor ator (Jorge Martínez), montagem, fotografia, e direção de som. 

Ainda convém destacar os filmes espanhóis La Librería, de Isabel Coixet, e Verão 1993, de Carla Simon, que disputam o prêmio em seis categorias. O filme dominicano Carpinteros, de José María Cabral, indicado em cinco, como também o mexicano Las Hijas de Abril de Michel Franco e X500, co-produção colombiana, mexicana e canadense dirigida por Juan Andrés Arango.

A co-produção hispano-argentina La cordillera, de Santiago Mitre está presente em quatro categorias, o filme brasileiro Gabriel e a Montanha, de Felipe Barbosa, em três, do mesmo modo que o filme chileno-argentino Los Perros, de Marcela Said.

No campo da atuação aparecem nomes como os do mexicano Daniel Giménez Cacho (Zama), o chileno Alfredo Castro (Los Perros), o cubano Jorge Martínez (Últimos Dias em Havana), Javier Bardem (Loving Pablo) e os argentinos Leonardo Sbaraglia (El outro Hermano) e Miguel Angel Solá (El último traje).

Entre as mulheres destacam-se as chilenas Daniela Veja (Uma Mulher Fantástica) e Paulina García (La novia del desierto) e ainda a mexicana Ana Valeria Becerril (Las hijas de Abril) e as espanholas Emma Suárez (Las hijas de Abril), Maribel Verdú (Abracadabra) e Penélope Cruz (Loving Pablo).

Quanto aos realizadores, além de Sebastián Lelio, Lucrecia Martel, Fernando Pérez e Michel Franco, concorrem também a argentina Anahí Berneri, por Alanis, a chilena Maite Alberdi, por Los Niños, o venezuelano Rober Calzadilla, por El amparo, e o colombiano Victor Gaviria, por La mujer del animal.

Na categoria de documentários estão concorrendo Amazona, produção colombiana, os chilenos O Pactor de Adriana e Los hijos, e os espanhóis Dancing Beethoven e Muchos hijos, um mono y um castillo, ao passo que o cinema de animação é dominado pelas produções brasileiras, com seis candidatos em 14 categorias. 

Para o prêmio de filme de estreia do realizador concorrem longas como Bingo: o Rei das Manhãs, de Daniel Rezende (Brasil), La novia Del deserto, de Cecilia Atán e Valeria Pivato (Argentina, Medea, de Alexandra Latishev Salazar (Costa Rica), Verão 1993, de Carla Simón (Espanha) e Temporada de Caza, de Natalia Garagiola (Argentina).

Para o Platino 2018 foram adicionadas duas novas categorias, melhor interpretação masculina e feminina de minissérie ou seriado de TV ibero-americano, que se juntam ao de melhor série, já adicionada no ano passado. Os 20 aspirantes nesta categoria serão anunciados em 20 de fevereiro.

Depois de Cidade do Panamá, em 2014, Marbella (Espanha) em 2015, Punta de Leste (Uruguai) em 2016 e Madri em 2017, agora será a vez da Riviera Maya (México) se tornar a sede da cerimônia de gala de entrega dos prêmios. Com isso o conselho diretor do prêmio Platino deseja homenagear "uma das filmografias com maior história e talento não apenas da região, mas também do mundo".

É um ano muito especial para a sétima arte desse país, já que em 2018 o prêmio Ariel, concedido pela Academia Mexicana de Artes e Ciências Cinematográficas, chega à sua 60ª edição, diz o comunicado.

O prêmio Platino do Cinema Ibero-Americano é promovido pela EGEDA (Entidad de Gestión de Derechos de los Productores Audiovisuales) e a FIPCA (Federación Iberoamericana de Productores Cinematográficos y Audiovisuales)./ TRADUÇÃO DE TEREZINHA MARTINO 

 

Confira a lista de brasileiros que foram pré-selecionados

O Filme da Minha Vida

melhor filme ibero-americano de ficção

música original

Atriz

direção de arte

direção de fotografia

trilha sonora

Bingo: O Rei das Manhãs

melhor obra de estreia de ficção

direção de montagem

direção de arte

direção de fotografia

trilha sonora.

Como Nossos Pais

melhor filme ibero-americano de ficção

Direção

Roteiro

Prêmio Platino de Cinema e Educação em Valores

Gabriel e a Montanha

melhor filme ibero-americano de ficção

Direção

roteiro

Vazante

Melhor Obra de Estreia de Ficção

Joaquim

Direção de Montagem

Música Original

No Intenso Agora

melhor música original 

Melhor ator

Alexandre Nero (João, o Maestro)

Matheus Nachtergaele (Zama)

Melhor Atriz

Bruna Linzmeyer (O Filme da Minha Vida)

Raquel Karro (Pendular

Melhor Documentário

Crônica de Demolição

Divinas Divas

Um Filme de Cinema

Melhor Animação

As Aventuras do Pequeno Colombo

Bugigangue no Espaço

Café, um Dedo de Prosa

História Antes de uma História

Historietas Assombradas – O Filme

Lino, uma Aventura de Sete Vidas

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.