Divulgação
Divulgação

Brasil entra na disputa pelo Oscar com o documentário sobre Sebastião Salgado

'Sal da Terra', dirigido por Wim Wenders e Juliano Ribeiro Salgado, disputará a estatueta, que será entregue em 22 de fevereiro

Luiz Carlos Merten, O Estado de S. Paulo

15 Janeiro 2015 | 12h41

E a Academia de Hollywood apresentou nesta quinta-feira, 15, seus indicados no Oscar para os melhores de 2015. A Argentina conseguiu emplacar mais uma candidatura e Relatos Selvagens vai concorrer com Leviatã, o favorito, e Ida a melhor filme estrangeiro. O Brasil entra na disputa com o documentário sobre Sebastião Salgado, O Sal da Terra (Salt of the Earth), dirigido por Wim Wenders e pelo filho do grande fotógrafo, Juliano. Boyhood, de Richard Linklater, Birdman, de Alejandro González Iñárritu, e O Grande Hotel Budapeste, de Wes Anderson, estão entre os finalistas de filme e direção, mas a Academia não se esqueceu do seu eterno favorito, e American Sniper, de Clint Eastwood, concorre a filme e ator (Bradley Cooper).

A grande surpresa - Marion Cotillard ficou entre as cinco que vão disputar o prêmio de melhor atriz pelo filme dos irmãos Dardenne, Dois Dias e Uma Noite. Se cuidem, Reese Whiterspoon e Julianne Moore, porque Marion é excepcional no papel. Invencível, de Angelina Jolie, Mr. Turner, de Mike Leigh, e Interestelar, de Christopher Nolan, ganharam indicações técnicas irrepreensíveis. O primeiro e o terceiro mereciam mais, é verdade.


Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.