Brasil emplaca três cases prêmio no Media Lions

O Brasil emplacou três cases de mídia na lista de finalistas do Media Lions da 53.ª edição do Festival Internacional de Publicidade de Cannes num total de176 trabalhos que concorrem aos leões da categoria. Os finalistas são: ?Capafalsa?, da Lew Lara para Nokia, na categoria de melhor uso de revistas; ?Colunas?, da Salles Chemistri para o Vectra, da GM, em melhor uso dejornais; e ?Coral paulistano?, da JWT para Benalet, da Pfizer, em melhor uso de patrocínios.Os Estados Unidos lideraram a relação de finalistas com 17 peças de um total de 177 inscritas. Em segun do lugar, aparece o Reino Unidos com 15finalistas de um total de 142 trabalhos inscritos, seguido de japão (13 de 42 inscritos, mesmo número que o Brasil trouxe na bagagem), África do Sul (9), Austrália (9), Nova Zelândia (9), Chile (7), Colômbia (7), Argentina (6), Espanha (6),Índia (6) e Suíça (6).O publicitário brasileiro Paulo Stephan, diretor de mídia da Talent, que participou do júri disse que éfundamental a compreensão os trabalhos de mídia para o sucesso. Para Stephan, que foi presidente do Grupo de Mídia de São Paulo, a criatividadenessa área da perfeita sintonia entre meios de comunicação e anunciantes e de apresentaçoes, em inglês, que permitam a jurados de todo o mundoentender claramente as propostas.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.