Brasil é um dos 9 finalistas ao Oscar de Melhor Filme Estrangeiro

País entrou na disputa com ´O Ano em que meus Pais Saíram de Férias`, filme dirigido por Cao Hamburger

Flávia Guerra, de O Estado de S. Paulo,

08 de janeiro de 2015 | 19h50

O brasileiro O Ano em que meus Pais Saíram de Férias, dirigido por Cao Hamburger e produzido pela Gullane Filmes, é um dos 9 finalistas ao Oscar de melhor Filme Estrangeiro 2008. A lista provisória foi divulgada ontem pela Academia e conta também com o italiano A Desconhecida, de Giuseppe Tornatore; o austríaco The Counterfeiters, de Stefan Ruzowitzky; o canadense Days of Darkness, de Denys Arcand; o israelense Beaufort, de Joseph Cedar; o casaquistão Mongol, de Sergei Bodrov; o polonês Katyn, de Andrzej Wajda; o russo 12, de Nikita Mikhalkov; e o sérvio The Trap, de Srdan Golubovic.  "Estamos muito felizes, claro. Agora é cruzar os dedos e esperar que tudo dê certo depois de tanta trabalho. Já é uma grande recompensa estar entre os nove finalistas", declararam Hamburger e o produtor Fabiano Gullane.  No dia 22, próxima terça, às 5h30 de Los Angeles, serão divulgados os 5 finalistas entre os 63 países que indicaram seus representantes. O vencedor será conhecido em 24 de fevereiro em cerimônia que ocorrerá no Kodak Theatre, em Hollywood e transmitida ao vivo pela ABC Television Network, às 17horas (hora local de Los Angeles). Vale lembrar que a escolha dos candidatos estrangeiros ocorre sempre em duas fases. Na primeira, o comitê da Academia, que conta com centenas de membros que residem em Los Angeles, assiste a todos os candidatos e aponta os 9 finalistas.  Na segunda, dez membros do comitê que selecionou os filmes na Fase I, escolhidos aleatoriamente, juntam-se a outros dez membros (que são convidados especiais) da Academia baseados em Nova York e Los Angeles. Então, todos assistem aos 9 finalistas nas sessões especiais dos filmes que ocorrem de 18 a 20 de janeiro em Hollywood e Nova York.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.