CBS via The New York Times
CBS via The New York Times

Bradley Cooper vai dirigir filme sobre Leonard Bernstein

Segundo as primeiras informações, o filme, que será produzido pela Netflix, terá como centro o casamento do músico com a atriz chilena Felicia Montealegre

EFE, O Estado de S.Paulo

27 de janeiro de 2020 | 06h00

A Netflix adquiriu os direitos do filme sobre a lenda da música Leonard Bernstein (1918-1990). Ainda sem nome oficial, o filme será produzido, dirigido e estrelado pelo ator Bradley Cooper, informou o site especializado Deadline. Cooper estará acompanhado na produção por nomes como Martin Scorsese e Steven Spielberg. Também participará do projeto Todd Phillips, com quem Cooper trabalhou recentemente como coprodutor no blockbuster Coringa (2019).

É o primeiro filme que Cooper dirigirá e protagonizará desde sua triunfal estreia atrás das câmeras com Nasce Uma Estrela, no qual formou um par memorável com Lady Gaga. Com orçamento de US$ 36 milhões, esse remake arrecadou US$ 435 milhões em todo o mundo e ganhou o Oscar de melhor canção (Shallow).

O projeto para levar à tela a vida de Bernstein que, como diretor ou compositor, é um dos maiores nomes da música do século 20, estava em planejamento havia vários anos, embora até agora não tivesse recebido o grande impulso de que precisava.

Anteriormente, a Paramount mostrou muito interesse pelo filme, mas, no fim, será a Netflix que o produzirá. Scorsese também já havia se mostrado interessado em dirigir, mas o diretor escolhido acabou sendo Bradley Cooper.

Segundo as primeiras informações, o filme tem como centro o casamento de Bernstein – criador de musicais como Amor, Sublime Amor – com a atriz chilena Felicia Montealegre. O representante da Netflix no projeto, Scott Stuber, disse que o trabalho de Cooper como diretor foi “brilhante” e o definiu como “um cineasta sério”.

“A dedicação apaixonada de Cooper e sua clara visão ao tornar realidade a relação entre o compositor icônico e Felicia prometem fazer justiça à suas vidas como somente uma grande equipe cinematográfica como essa poderia fazer”, disse Stuber. “Nós nos sentimos honrados em trabalhar com os Bernstein para compartilhar a história da família com o público”, continuou. 

Indicado sete vezes para o Oscar sem nunca ter levado a estatueta, Cooper também protagonizará Nightmare Alley, longa a ser dirigido pelo mexicano Guillermo del Toro e à frente de um elenco no qual estão Cate Blanchett, Toni Collette, Rooney Mara e Willem Dafoe. / TRADUÇÃO DE ROBERTO MUNIZ

Tudo o que sabemos sobre:
NetflixBradley Cooper

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.