Brad Pitt pode substituir Tom Cruise em "Missão Impossível 4"

Brad Pitt pode substituir Tom Cruise em "Missão Impossível 4", segundo publicou o jornal britânico "The Guardian". De acordo com a publicação, há rumores em Hollywood de que produtores da Paramount estejam procurando outro herói para a saga de J.J. Abrams. O estúdio anunciou, em agosto, o rompimento do contrato de 14 anos com Cruise.Fontes anônimas pediram para que o personagem Ethan Hunt, interpretado por Cruise no três primeiros filmes, fosse substituído por Brad Pitt, de acordo com o "Guardian". "De todos os atores, Brad é o que pode preencher o papel", afirmou Paul Dergarabedian, chefe da bilheteria Exhibitor Relations. Ele apontou outros filmes que tiveram os atores principais trocados. "Batman mudou várias vezes. Não é quem você coloca no papel, mas como você reinventa o personagem", afirmou. A Paramount rescindir o contrato com Cruise porque estava cansada das atitudes polêmicas, e às vezes estranhas, de seu maior astro. Segundo o jornal "The Wall Street Journal", em entrevista publicada com o presidente do estúdio, Summer Redstone, a demissão do ator está ligada ao seu comportamento recente, marcado pela sua defesa da Cientologia e por seus relacionamentos amorosos. "Não é nada com seu talento artístico, ele é um ator excelente", diz Redstone. "Mas por mais que gostemos dele, seria errado renovar o contrato. Sua conduta recente não é aceitável para a Paramount." Cruise é considerado um dos maiores astros de Hollywood, embora seus últimos lançamentos não tenham apresentado o rendimento que se esperava. Nos estúdios Paramount, ele estrelou filmes populares como "Top Gun", "Guerra dos Mundos" e "Colateral", entre outros. A queda na popularidade foi percebida em "Missão Impossível 3". A arrecadação, de US$ 133 milhões, ficou muito abaixo do que se esperava de um grande estréia de verão com um orçamento de US$ 150 milhões. Os custos da Paramount com o ator superavam os US$ 10 milhões por ano, quatro vezes mais do que os acordos de produção com outras estrelas como Pitt, Tom Hanks e Johnny Depp.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.