Brad Pitt e Jennifer Aniston já estão divorciados

Um juiz assinou a sentença de divórcio dos atores Brad Pitt e Jennifer Aniston, embora nenhum dos dois possa voltar a se casar antes de 2 de outubro, segundo documentos judiciais divulgados nesta segunda-feira. O juiz Jill S. Robbins assinou os documentos na Corte Superior de Los Angeles na sexta-feira passada. Os documentos não mostram a sentença do juiz sobre a divisão de bens do casal. Pitt, de 41 anos, e a estrela da série de TV Friends, de 36 anos, se casaram no dia 29 de julho de 2000 numa cerimônia em Malibu, na Califórnia, com a presença de 200 convidados, que custou um milhão de dólares. O casal começou a namorar em 1998 depois de se conhecer durante uma gravação e manteve a relação em segredo durante meses. O casal se tornou um dos mais famosos do mundo. Jennifer apresentou um pedido de divórcio no dia 25 de março depois de anunciar sua separação em janeiro, após quatro anos e meio de casamento. Numa entrevista divulgada no princípio de agosto, Jennifer acusou Pitt de falta de sensibilidade. "Falta-lhe um pouco de sensibilidade", afirmou a atriz à revista Vanity Fair ao comentar algumas fotos em que seu ex-marido aparece em atitude carinhosa com sua nova mulher, a atriz Angelina Jolie. "Fiquei chocada com as fotografias, não foi um dos melhores momentos do ano", afirmou. Segundo a imprensa, Pitt começou a se relacionar com Angelina durante a filmagem de Mr & Mrs Smith, em que Pitt fez o papel de marido da explosiva diva, de 30 anos. "Não sei o que aconteceu. Há muitas coisas que não entendo, muitas coisas que não sei e provavelmente nunca saberei", disse Jennifer. Apesar de tudo, a atriz afirmou na reportagem da Vanity Fair que continuava querendo Pitt: "Quero Brad, realmente o quero. Vou querer Brad pelo resto de minha vida".

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.