Arquivo/AE
Arquivo/AE

Brad Pitt e Angelina Jolie vencem processo contra tablóide

O'News of the World' pagou uma quantia não revelada, por publicar que o casal estava se separando

22 Julho 2010 | 13h13

NOVA YORK (AP) - Brad Pitt e Angelina Jolie aceitaram o pagamento de uma quantia não revelada em processo que moviam contra um tabloide britânico, por ter informado informou que eles pretendiam se separar.

 

O casal mais famoso de Hollywood processou o jornal por publicar em 24 de janeiro notícias falsas e se intrometer em sua vida particular na reportagem ('Pitts All Over', que significa em tradução livre, 'Os Pitts Acabaram'). O texto publicado no jornal dizia que eles estavam se separando e cuidando da divisão de bens no valor de US$ 320 milhões, além de tomar decisões em relação à custódia dos seis filhos.

 

O advogado do casal compareceu à Alta Corte de Londres e disse que o News Group Newspapers agora aceitava a alegação de que a reportagem era "falsa e intrusa". Os atores não compareceram à audiência.

 

O artigo dizia que Angelina ou Pitt tinham visitado um advogado para providenciar o pedido de divórcio em dezembro de 2009. Mas um comunicado da empresa de advocacia Schillings Lawyers informa que Sorrel Trope, identificado pela publicação como o advogado que cuidava do divórcio do casal, nunca encontrou os astros do cinema.

 

"Eu nunca encontrei esses clientes e não tenho nenhum envolvimento com nenhum dos dois e isso diz respeito a todos os membros dessa firma", disse Trope em carta apresentada no processo.

 

O advogado do casal, Keith Schilling disse que o tablóide News of the World se negou a fazer uma retratação pública e um pedido de desculpas por enganar os leitores, deixando o casal sem alternativas a não ser abrir um processo contra o jornal. "Esta vitória coloca um fim ao litígio iniciado por Brad e Angelina", disse. O advogado informou ainda que o dinheiro será doado para a empresa beneficente do casal, a Jolie-Pitt Foundation.

 

O jornal confirmou que havia chegado a um acordo, mas se negou a dar mais declarações.

Mais conteúdo sobre:
Brad PittAngelina Jolie

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.