REUTERS/Desmond Boylan
REUTERS/Desmond Boylan

Bollywood volta às filmagens, sem cenas de beijo, luta e com regras sanitárias

Um acordo entre três grandes estúdios do cinema indiano põe fim à suspensão depois da Índia registrar quase 16 mil novos casos de coronavírus

AFP, O Estado de S.Paulo

26 de junho de 2020 | 08h14

Bollywood retoma, nesta quinta-feira, 25) as filmagens interrompidas pela pandemia do novo coronavírus, mas com regras sanitárias que vão limitar o cronograma e a produção da fábrica de sonhos da Índia.

Divulgado nesta quinta, um acordo entre três grandes estúdios do cinema indiano põe fim à suspensão das rodagens de filmes, instituída pelo confinamento nacional decretado no final de março na Índia para conter a propagação da COVID-19.

A decisão acontece depois da Índia registrar quase 16 mil novos casos de coronavírus na quarta-feira, 24, maior aumento em um único dia desde o começo da pandemia.

O país está em quarto lugar com o maior número de casos no mundo e a capital Nova Delí estava com todos os leitos ocupados na quarta. O governo já havia autorizado a retomada das filmagens no começo de junho, mas atores, produtores e técnicos estavam negociando uma regulamentação, diante dos riscos de saúde criados com a volta ao trabalho.

Os representantes do setor indicaram que "resolveram amistosamente os problemas restantes", como a questão de seguro de saúde para toda equipe. Isso abriu "o caminho para a retomada imediata das filmagens". As atuais regras sanitárias serão um desafio artístico importante para os diretores, que não poderão rodar, por exemplo, cenas de casamento, ou de luta - dois temas onipresentes em praticamente qualquer longa bollywoodiano.

Atores com mais de 65 anos ainda não poderão trabalhar, o que deixará fora das telonas, por enquanto, superestrelas como Amitabh Bachchan, de 77. As normas de distanciamento físico impedem cenas de beijos e abraços, marcando o retorno às práticas conservadoras dos anos 1980, quando as flores simbolizavam, castamente, cenas de amor. Além disso, os produtores precisarão ter um médico, uma enfermeira e uma ambulância nos locais de gravação, um critério difícil de cumprir em Mumbai, onde há uma falta aguda de médicos e de ambulâncias.

Tudo o que sabemos sobre:
Bollywood [cinema indiano]

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.